100 dias: Jarbas negocia dívidas e retoma serviços essenciais

Meta é colocar a casa em ordem antes de fazer novos investimentos. Saúde, segurança, infraestrutura e educação são prioridades. Foto: Bruno Arib

 

Ao assumir a Prefeitura de Biritiba Mirim, Jarbas Ezequiel de Aguiar (PV), o Prof. Jarbas, afirma ter se deparado com um caos financeiro. Dívidas com fornecedores, serviços suspensos por falta de pagamento, obras paralisadas e falta de medicamentos nos postos de saúde, entre outras irregularidades. Por conta da situação, os primeiros 100 dias foram necessários para que Jarbas diagnosticasse o contexto financeiro e social do município. Agora, o prefeito quer priorizar os serviços essenciais.

“Já foram pagos mais de R$ 2 milhões em dívidas atrasadas. Isso porque o prefeito anterior deixou débitos de R$ 3,1 milhões com o Biritiba Prev, R$ 2,1 milhões com a Sabesp e R$ 1,3 milhão em multas aplicadas pela Cetesb por conta do aterro sanitário. E essas são as maiores dívidas, porque existem outras”, demonstrou.

Segundo Jarbas, foi preciso devolver R$ 86 mil para a Secretaria de Esportes do Estado, pois a verba não teria sido aplicada na reforma de quadras e campos. “Se não devolvesse, seríamos impedidos de receber novas verbas”, lamenta. Cerca de R$ 385 mil conquistados para a manutenção da estrada dos Barbosa, através do Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos), também poderão ser devolvidos. “O dinheiro chegou, mas a obra não foi executada”, apontou.

De acordo com o pevista, algumas dívidas já foram negociadas e, inclusive, pagas. Dessa maneira, foi possível retomar serviços essenciais, tais como o fornecimento de medicamentos e o transbordo de lixo.

“Aos poucos estamos colocando a casa em ordem. Peço paciência, boa vontade e empenho de todos. Estar em dia com as contas da prefeitura é uma primeira mudança deste nosso governo”, disse.

Em sua casa, o gestor recebeu a equipe de Gazeta Regional e apresentou ações até agora realizadas nas áreas de educação, saúde, segurança, infraestrutura, turismo, cultura, obras, desenvolvimento e saneamento básico, além de comentar projetos estratégicos.

 

Saúde – Segundo o prefeito, as dívidas com fornecedores de remédios já foram quitadas nestes primeiros meses de trabalho. Isso permite a reposição de quase 100% de medicamentos nas unidades básicas de saúde.

A prefeitura, diz ele, também está trabalhando para aumentar o quadro médico na rede municipal, através de chamamento público. Os novos profissionais devem começar a atuar no prazo de um mês.

De acordo com Jarbas, os atendimentos de oftalmologia, que estavam parados há dois anos, foram retomados.

Também faz parte das ações na área de saúde a disponibilização de mais veículos para o transporte de pacientes para outros municípios. Com isso, a população não precisa esperar o dia todo para voltar para a cidade.

Por fim, a prefeitura está contratando serviços laboratoriais para oferecer 150 tipos de exames. O serviço será oferecido nas 6 unidades básicas de saúde.

 

Infraestrutura – A iluminação pública está sendo reestruturada na cidade com a instalação de novas lâmpadas em pontos escuros. Paralelamente, a prefeitura está providenciando equipe de manutenção da rede elétrica.

O prefeito explicou ainda que algumas ruas dos bairros Jardim dos Eucaliptos e Cruz das Almas não podem receber asfalto porque, em tese, já estariam asfaltadas. Isso porque na gestão passada, segundo ele, foram enviadas verbas federais e estaduais destinadas à manutenção dessas ruas, mas o dinheiro não foi investido. Ele está mapeando os locais que se encontram nessa situação para produzir um processo de averiguação e enviar à Justiça como forma de cobrar uma providência. Em contrapartida, já estuda maneiras de pavimentar as referidas ruas.

 

Serviços Urbanos – A prefeitura realizou a manutenção dos maquinários para fazer os serviços de limpeza, tanto nos bairros como no centro da cidade. A manutenção das estradas também faz parte do plano. Ao adquirir mais uma patrol, uma retroescavadeira e uma pá carregadeira, o prefeito promete dar mais qualidade aos serviços, para que a manutenção dure mais.

Com a dificuldade de pessoal, a administração prevê abrir um concurso público no próximo mês de maio para atender a demanda de serviços. O concurso, inclusive, vai servir para contratar profissionais de diversas áreas da administração pública.

 

Educação – A ideia do prefeito é providenciar kits escolares e uniformes para os alunos nos próximos meses, de modo que possam ser utilizados nos últimos três bimestres.

A partir de maio, a refeição oferecida às crianças será mais adequada, garante Jarbas. Para tanto, a prefeitura vai adquirir produtos dos agricultores da própria cidade, numa parceria inédita com a cooperativa do município.

Outro projeto da gestão Jarbas é oferecer atividades extracurriculares no contraturno dos alunos, evitando o contato com a criminalidade. Para tanto, pretende ampliar atividades esportivas e culturais.

A ampliação de salas de aula na escola Pedro Henrique Guimarães Melo Rodrigues também faz parte dos planos de Jarbas. Com isso, o prefeito espera melhorar as condições de ensino para os estudantes que moram no bairro Cruz das Almas.

A construção de novas escolas também é prioridade, já que faz aproximadamente dez anos que a cidade não ganha uma unidade escolar.

 

Segurança Pública – O prefeito visitou a base da Polícia Militar, recém-revitalizada, para conhecer os trabalhos dos agentes. Na ocasião, Jarbas anunciou o aumento do pró-labore dos profissionais de R$ 300 para R$ 350, além de firmar uma parceria com a PM no combate ao crime.

O chefe do executivo também estuda implantar a Atividade Delegada no município, além de projetar a criação da GCM (Guarda Civil Municipal).

 

Emprego – O projeto de desenvolvimento do Polo Industrial está atraindo empresas interessadas em investir no município. A prefeitura está em contato com empresários e a expectativa é que, com essa iniciativa, possa gerar aproximadamente 800 vagas de emprego.

 

Turismo – O Plano Diretor de Turismo está sendo desenvolvido. O foco é tornar Biritiba Mirim um município de interesse turístico. O projeto receberá o apoio da Universidade de Guarulhos.

Segundo Jarbas, Biritiba é uma cidade de alto potencial turístico, mas que não é explorado.

 

Cultura – A Secretaria de Cultura fará a inscrição de artista da cidade para desenvolver algumas atividades culturais na praça central, estimulando e valorizando a cultural local.

Biritiba faz parte do Projeto Guri, do Governo do Estado de São Paulo.

O prefeito se diz empenhado em criar uma banda e uma orquestra sinfônica do município, formadas por alunos da rede municipal e estadual.

 

Lixo – As dívidas pelo serviço foram colocadas em dia. Atualmente, o transbordo é feito dentro do município, dividindo parcialmente a área com a cidade de Salesópolis. Jarbas afirmou que será necessário encontrar outra solução, pois existe um prazo legal de uso do solo. Com isso, o município de Salesópolis, que já sobrecarrega Biritiba por falta de maquinário, em breve também terá de encontrar outro local.

 

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *