6 meses de governo Walter Tajiri em Biritiba Mirim

Com poder descentralizado, prefeito Walter Tajiri (PTB) deixa impressão positiva no município

 

Texto e foto: Lailson Nascimento

 

Numa demonstração de falta de ego político, Walter Tajiri (PTB), prefeito de Biritiba Mirim, ordenou que o seu secretário municipal de Governo, Akira Taziri, fizesse um balanço dos primeiros seis meses de governo à GAZETA. O gesto, que não passou despercebido pela reportagem, também não tem sido ignorado pela classe política local. Isso porque a conduta do atual mandatário é, ao menos nesse quesito, totalmente contrária ao estilo de seu antecessor.

O jornal destaca a personalidade com tendência à coletividade de Tajiri por conta de um motivo: essa foi a maneira com que o prefeito conseguiu apaziguar os ânimos da política local após uma série de denúncias envolvendo o prefeito afastado Jarbas Ezequiel (PV) – governo pelo qual o petebista se elegeu como vice-prefeito e, em setembro de 2018, assumiu o comando.

“Esse é um diferencial. Não é preciso agendar conversa com o prefeito, pois dentro do possível ele atende a população, as portas estão sempre abertas. A população está gostando do serviço, pois percebe uma diferença no governo, a forma de trabalhar, e até mesmo a acessibilidade. O Jarbas tinha uma dificuldade em receber a população, enquanto o Walter atende todos os dias, e eu também estou aqui quando ele não está”, avalia Taziri, o braço direito do prefeito.

Atento aos movimentos internos da administração municipal ao mesmo tempo em que recebe as demandas populacionais, o secretário de Governo garante que Tajiri tem o que comemorar nesses seis meses de trabalho. Mesmo destacando que o atual mandatário assumiu o cargo com R$ 14 milhões em dívidas herdadas do governo Jarbas, ele não deixa de comemorar resultados considerados como positivos. 

“Um desse pontos é a efetiva implantação do complexo empresarial do Sogo. Duas empresas já garantiram que vão se instalar na cidade, uma do ramo alimentício e outra da área de iluminação. Assim seguimos, resgatando a dignidade da população, a qual estava perdida aqui na cidade”, arremata.