ABME-SP realiza primeira reunião no Alto Tietê e empossa diretoria

Evento apresentou metas da associação e contou com a presença de autoridades e jornalistas da região e com a apresentação de diretores. Foto: Renan Xavier

 

A Associação Brasileira de Mídias Evangélicas no Estado de São Paulo (ABME-SP) realizou, dia 7, às 19 horas, no Auditório Tufy Elias Anderi, na Câmara Municipal de Mogi das Cruzes, seu primeiro encontro com proprietários de mídias (eletrônica, digital e impressa), lideranças evangélicas, jornalistas e vereadores da região do Alto Tietê. Na pauta, a apresentação da ABME, seus objetivos, importância e composição da nova diretoria. “Fiquei contente pelas pessoas que compareceram, senti falta de pastores convidados e da maioria dos vereadores que faz parte da bancada evangélica do Alto Tietê, que não vieram. Acho que nós deveríamos nos unir mais para conquistar espaço”, disse o anfitrião e presidente da ABME-SP, o jornalista Nelson Camargo.

Na ocasião, fizeram uso da palavra vereadores e os membros da diretoria da associação. O primeiro a explicar os objetivos da ABME-SP foi o diretor Executivo, Adilson Santos, que frisou a importância da entidade como porta-voz das mídias. Ele ainda reproduziu uma mensagem do diretor Executivo Nacional, Sandro Genaro, que anunciou, em primeira mão, que os associados da ABME terão uma carteirinha de jornalista válida em todo o território nacional.

Santos destacou, ainda, a importância da ABME como porta-voz dos profissionais evangélicos: “Vivemos na era da comunicação e nada melhor do que termos profissionais realizando este trabalho, tanto nas redes sociais, blogs, jornais, rádios, revistas e TV. Neste crescimento, estão os evangélicos, que têm diversos profissionais e a ABME veio somar. Agora, seremos mais fortes, afinal, o cordão de duas dobras é melhor que uma. Hoje, no Brasil, já estamos caminhando para quase 200 mídias; e São Paulo, por meio de sua diretoria, já está trabalhando com diversas ações e suportes de nossa sede nacional no Rio de Janeiro”.

O anfitrião e presidente da ABME-SP, Nelson Camargo, fez uso da palavra e destacou os projetos da associação e falou que é preciso união entre as igrejas, a mídia e as autoridades nesse trabalho. Segundo ele, é preciso profissionalizar eventos como a Marcha para Jesus, com a contratação de jornalistas, bem como uma maior atuação dos políticos que fazem parte da bancada evangélica no sentido de ajudar nas iniciativas das igrejas e da própria ABME.

A próxima reunião com os membros da ABME-SP acontecerá no dia 22 de fevereiro, na Câmara Municipal de Poá, às 19h30. Qualquer mudança será comunicada aos membros pela presidência da associação.

 

A ABME

A Associação Brasileira de Mídias Evangélicas (ABME) foi criada no dia 26 de junho de 2013 e reúne veículos impressos, eletrônicos e digitais (como jornais, revistas, TVs, rádios, sites, blogs, além de jornalistas, apresentadores, locutores e demais profissionais de mídia). Com o objetivo principal de unir forças, a ABME trabalha para aumentar o poder da voz dos evangélicos no Brasil.

 

Nova diretoria

Durante o evento, foram apresentados os novos membros da diretoria: o advogado Gustavo Ferreira (diretor Jurídico), a jornalista Andreia Rafael (1ª Secretária), o jornalista Jessé de Almeida – apresentador do programa Bastidores do Gospel – (diretor de Eventos e de Divulgação) e o empresário do ramo de comunicação visual, Alexandre Tomaz Rogério (diretor Comercial).  Além desses, a diretora de Revista Exibir Gospel, Sentileusa de Moraes (diretora de Revista), e a editora do jornal Gazeta Regional, jornalista Vania Sousa (diretora de Comunicação Institucional), continuarão no cargo.