Após reportagem, prefeitura mogiana faz reparo em ponte no Santo Ângelo

Reforma na ponte foi feita após matéria do Gazeta Regional. Foto: Renan Xavier

 

Por Renan Xavier

De Mogi

 

Ao menos uma das reivindicações feitas pela população do Conjunto Santo Ângelo, em Mogi das Cruzes, foi atendida. A prefeitura realizou uma obra de reparo na ponte sobre o Rio Jundiaí, que estava danificada, sem parte do parapeito lateral. A reforma estava entre algumas das intervenções apontadas por Marcelo Brás, líder comunitário, como fundamentais, em reportagem publicada no Gazeta Regional, na edição de número 137.

O reparo foi realizado pela administração municipal esta semana. Em outubro, quando questionado pela reportagem, o Executivo declarou, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, que uma equipe faria uma vistoria no local para verificar os problemas existentes na ponte e planejar as intervenções necessárias para saná-los.

“Isso é uma evidência clara da necessidade de o bairro ter mais voz. É muito mais provável a prefeitura atender reivindicações de bairros que tenham representatividade política”, afirmou Brás. O comerciante pretende se candidatar a vereador no pleito de 2016.

Morador de Mogi há 22 anos, Marcelo Brás dedica o tempo ao hortifrúti, estabelecimento que leva seu nome. O pré-candidato à Câmara Municipal mogiana orgulha-se de trabalhar desde muito cedo e interceder em questões sociais, sempre que se sente impelido a isso.

 

Cobranças

Durante a entrevista publicada na edição 137, Brás ainda criticou a falta de sinalização de trânsito adequada nas proximidades do CEIM (Centro de Educação Infantil Municipal) Mauro Otoni Martins. Para Brás, também é necessário que a prefeitura ofereça mais conforto aos usuários do transporte coletivo; limpeza das áreas de lazer e mais segurança para os motoristas e pedestres do bairro. “Vamos continuar cobrando as reformas necessárias ao bairro; é obrigação da prefeitura trazer melhorias para este local, que sempre sofreu com o abandono”, declarou o comerciante.