Avenida das Orquídeas, em Mogi, aguarda detalhes para a entrega

De acordo com a prefeitura, falta liberação da Cetesb e detalhes de iluminação e sinalização

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Studio 23 Fotografias – Divulgação

O sonho de todo motorista que trafega entre os municípios de Mogi das Cruzes e Suzano é que o trânsito seja menos carregado e que flua, principalmente nos horários de pico. A Avenida das Orquídeas, que promete auxiliar na realização deste sonho, está com 93% das obras finalizadas e pode ser entregue à população ainda esse mês.

Com 2,3 km de extensão, a via tem pistas com 10 metros de largura cada, corredor exclusivo para ônibus, ciclovia e calçada para os pedestres, além de espaços verdes e outras áreas urbanas. O investimento total do empreendimento é de R$ 98,2 milhões.

A obra faz parte do Corredor Leste-Oeste, que deverá ter uma extensão total de 9 quilômetros entre Mogi e Suzano. Deste total, 2,650 metros estão no trecho da Avenida Guilherme George, entre o Rio Taiaçupeba e o Rio Jundiaí; 2,3 quilômetros da Avenida das Orquídeas; 2,650 metros no trecho da rotatória da Via Perimetral, junto ao Viaduto Ageu Batalha; e 1,4 quilômetros na Avenida Cavalheiro Nami Jafet, junto à linha férrea e o Terminal Central.

A prefeitura informou à GAZETA que faltam detalhes para a conclusão da obra, principalmente no sistema de iluminação e sinalização no local. Falta também aprovação da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) para que assim a data para inauguração da via seja marcada.

A reportagem procurou o órgão para saber detalhes sobre a liberação da via e o órgão informou que a situação permanece em análise e que ainda não tem prazo definido para entrega.

A AVENIDA – A reportagem visitou o local. Chama atenção como o trajeto entre a cidades de Mogi e Suzano torna-se muito mais rápido. Outros pontos como a qualidade do asfalto e a largura da pista também chamam a atenção.

O local próximo ao Rio Tietê tem áreas verdes e outras belezas, como a escultura do artista mogiano Rodrigo Bittencourt em formato da flor que dá nome a via. A obra foi executada pelo Consórcio GG, formado pelas empresas Enpavi e CTP Construtora.

A GAZETA preparou um vídeo especial para você, acompanhe em nossa rede:youtube.com/Gazeta Regional – Alto Tietê. Vídeo pode ser conferido na segunda-feria (17).