Câmara de Itaquá notifica Mamoru

Contas de 2014

Da Redação / Foto: Bruno Arib

A GAZETA conversou na terça-feira (19) com os vereadores Carlos Alberto Santiago (PSD) e com Edson Rodrigues (PODE), o Dr. Edson, sobre o fato de o TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo) ter rejeitado as contas do prefeito de Itaquaquecetuba, Mamoru Nakashima (sem partido), devido alguns indícios de irregularidades no exercício de 2014. De acordo com os parlamentares, Mamoru foi notificado pela Câmara a apresentar a sua defesa, no entanto, “foi difícil achá-lo”, comentam.

“Ele marcou de receber a presidência em seu gabinete e logo desmarcou. Em outra vez, ele [Mamoru] não foi à reunião remarcada. Agora, finalmente o achamos, e foi no encontro do Condemat (Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê) desta terça-feira (19)”, narra Dr. Edson. Segundo ele e o vereador Santiago, para que o processo tenha andamento, só resta esperar a defesa do prefeito se manifestar nos próximos 15 dias. A partir desse prazo, o julgamento das contas deve ser colocado na pauta de discussões do legislativo.

 




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *