CSI de Suzano terá 100 câmeras até o fim de 2019, diz Rodrigo Ashiuchi

Prefeito alerta para diminuição de criminalidade em Suzano e cita parceria entre órgãos de segurança

Por Gabriel Dias / Foto: Bruno Arib

Ao lado do deputado federal Márcio Alvino (PR) e do parlamentar André do Prado (PR), o prefeito de Suzano Rodrigo Ashiuchi (PR) inaugurou, na noite desta sexta-feira (10), o CSI (Centro de Segurança Integrado) da cidade.

São 52 câmeras espalhadas na zona norte, sul e zona Central de Suzano, e uma equipe de profissionais treinados e envolvidos com um sistema de alta tecnologia que custou aos cofres públicos o valor de R$ 2,2 milhões.

A base intitulada de central, que fica em um dos anexos do prédio da Prefeitura de Suzano, comporta diversas telas de grande porte, por onde os oficiais farão o monitoramento das câmeras espalhadas em pontos estratégicos da cidade.

A ideia, segundo o prefeito, foi inspirada no Centro de Segurança Integrada de Guararema. Na opinião do secretário de Segurança Cidadã de Suzano, Jefferson Ferreira dos Santos, o maior objetivo é diminuir os índices criminais e aumentar a sensação de segurança no município com ajuda das Polícias Militares, Civil, Guarda Municipal, SAMU, Bombeiros, Departamento de Trânsito e outros órgãos de segurança municipais e estaduais.

Ashiuchi pretende dobrar até o fim deste ano o número de câmeras, saindo de 52 para 100 espalhadas na cidade. “Nosso objetivo é fazer com que a cidade seja toda monitorada. Estamos aliando tecnologia a segurança, e isso vai contribuir para baixarmos os índices criminais”, afirma o prefeito.

Questionado sobre o resultado de pesquisa divulgada pelo Instituto Sou da Paz, que trata de crimes violentos em 139 municípios paulistas e onde Suzano aparece em uma das posições consideradas pelo estudo como uma das mais confortáveis em questão de segurança, Ashiuchi é taxativo em dizer que o policiamento em Suzano atua em conjunto com o cidadão sempre visando o bem de quem vive no município.

Ao final das apresentações, tanto o prefeito quanto a classe política que o acompanhava ressaltaram que o novo sistema já na fase de testes conseguiu localizar em um dos pontos da cidade um local de venda de drogas. “As imagens estão com a Polícia Civil para investigação”, diz secretário de Segurança.