Gazeta Regional chega a Ilhabela

Pontos turísticos e política local serão abordados pelo jornal. Fotos: Laerton Santos e Bruno Arib

 

Por Lailson Nascimento

De Ilhabela

 

A partir desta edição, o Gazeta Regional estabelece cobertura jornalística no município de Ilhabela. Nas últimas semanas, a reportagem esteve no município e conheceu um pouco da rotina local. Nas próximas edições, o jornal publicará matérias destacando os pontos turísticos mais requisitados do arquipélago, além de abrir espaço para a política local.

Considerado um dos pontos mais bonitos do litoral brasileiro, o arquipélago que faz divisa com São Sebastião é reconhecido pela agitação cultural e turística. Com 83% de sua área preservada pelo Parque Estadual de Ilhabela, a cidade abriga a maior reserva de Mata Atlântica do planeta. Sinônimo de flora exuberante e fauna rica em diversidade, a beleza local é completada por suas 42 praias de diferentes estilos e cachoeiras abundantes.

Destino turístico consolidado, Ilhabela é reconhecida internacionalmente pelos seus eventos náuticos, como a Semana Internacional de Vela de Ilhabela, maior evento de vela da América Latina.

Para completar a magia da cidade, charmosa e variada rede hoteleira oferece conforto acima da média. A farta gastronomia de alto padrão, bem como uma movimentada e musical vida noturna, aliada ao clima tropical e redutos paradisíacos, fazem de Ilhabela um destino para o ano inteiro.

 

Turismo

ABRE_Ilhabela_Chegada - foto 2 @brunoaribAo Gazeta Regional, a secretária municipal de Turismo, Cleuza Maciel, disse que o desafio é estabelecer a cidade como uma das principais opções de turismo para os idosos. “Eles têm poder aquisitivo alto, logo, querem bons locais para viajar. Nós já contamos com ótima infraestrutura. Basta implementar algumas coisas para explorar melhor este potencial”.

De maneira geral, entretanto, a secretária acredita que a cidade está no rumo certo. “Ilhabela, além de ser hospitaleira, é a mais festeira do Brasil, pois está sempre envolvida por eventos culturais. E o melhor: os moradores aderem às festividades. Justamente por essas características, a rotina não atinge a nossa população, muito menos os visitantes. Temos uma gastronomia fantástica, belos atrativos naturais. Enfim, dá para vir visitar a ilha tranquilamente, porque cabe em todos os bolsos”, definiu.

 

A vida na Ilha

Comércio

Comércio - foto @laertonsantosEdilton Almeida Costa é gerente de um tradicional estabelecimento comercial de Ilhabela há 4 anos. Conhecido como ‘Boca Maldita’, o local é frequentado por políticos das mais diversas correntes ideológicas do arquipélago.

Para Edilton, as praias e a vila central do município são os pontos fortes de Ilhabela. “Gosto muito daqui, porque a cidade é bem movimentada. Aos fins de semana, costumamos receber muitos turistas, o que eleva a população a até 50 mil pessoas”.

 

 

 

Turismo

Turismo - foto @laertonsantosMauricio Edson Ricciardi é empresário do ramo de Turismo. No arquipélago, ele desempenha uma das atividades fundamentais para o bom funcionamento da ilha: o apoio aos turistas. À frente de uma agência de turismo, Ricciardi oferece passeios a trilhas, praias e cachoeiras, entre outras modalidades de esporte, lazer e entretenimento.

“Ilhabela é um lugar muito bom porque há muito o que se fazer aqui. Nós temos algumas das praias mais belas do País, além de contarmos com gastronomia de primeira qualidade”, avalia.

 

Visitantes

Visitantes - foto @laeetonsantosOs turistas também têm boa avaliação em relação à Ilhabela. O empresário Marcos Silva, por exemplo, escolheu o arquipélago para passar as férias escolares junto dos filhos. Morador de São Paulo, ele é frequentador assíduo da ilha.

“Sempre que posso, venho para cá. Ainda mais nesse período de alta do dólar, a ilha acaba sendo uma ótima opção de lazer para a família. É claro que isso se deve à infraestrutura da cidade, que não deixa nada a desejar em comparação com o exterior. Aqui se encontra ótimos hotéis, bons restaurantes, boa opção de passeios, além da exuberância da natureza”, opina.

 

Moradores

Moradores - foto @brunoaribPara os moradores, a cidade é boa, mas ainda necessita de uma boa administração municipal. Marcelo do Nascimento Rocha, que é presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Ilhabela (Sindserv), representa uma comunidade que engloba quase 2 mil servidores.

Ao ressaltar que a prefeitura é a maior empregadora do município, Rocha opina que o Poder Público não tem o respeito que deveria ter pela população. “Hoje, o servidor municipal não tem ao menos um plano de cargos e carreira. Mesmo sendo o sonho dos trabalhadores da maior ‘empresa’ (referindo-se à prefeitura) do município, não há vontade política para se mudar isso. Com o plano de carreira, a máquina pública funcionaria melhor, porque daria mais autonomia aos servidores. Com isso, ganhavam os trabalhadores, ganhava o prefeito e ganhavam os contribuintes. Este, portanto, é o maior desafio do Sindserv atualmente”.

 

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.