Gondim lidera pesquisa e Marcus Melo despenca

Deputado estadual aparece com 39,2% das intenções de voto enquanto empresário está com 26,6% (estimulada); 2º turno à vista. Ilustração: Elizeu de Lima Silva

 

O deputado estadual Luiz Carlos Gondim (SD) ultrapassou o empresário Marcus Melo (PSDB) e agora lidera a pesquisa de intenções de voto para prefeito de Mogi das Cruzes. Na pesquisa estimulada encomendada pelo Gazeta Regional, Gondim aparece com 39,2% das intenções de votos contra 26,6% de Melo. O bombeiro civil Nelson Pedro Miguel (PMN), o Miguel Bombeiro, aparece em terceiro com 6%. Este resultado levaria as eleições para o segundo turno em uma disputa entre Gondim e o tucano.

A pergunta feita aos eleitores foi “se a eleição fosse hoje, em qual desses candidatos você votaria para prefeito”. Dezoito por cento responderam que não sabem ou preferiram não opinar. Os que declararam votar nulo ou em branco são 9,8%.

O levantamento, realizado pelo Sebram Pesquisas Consultoria LTDA., ouviu eleitores de diversos bairros entre os dias 19 e 21 de setembro. Quinhentas pessoas foram entrevistadas. Ela foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número SP-02811/2016. A confiança é de 95% e a margem de erro é de 4,5 (quatro e meio) pontos percentuais para mais ou para menos.

Em uma pesquisa publicada pelo jornal Mogi News, no dia 15 de setembro, Gondim aparecia com 25,7% dos votos em pesquisa estimulada. Marcus Melo tinha 49%, e Miguel Bombeiro estava com 2,2%. O resultado da recente pesquisa do Gazeta Regional revela um crescimento significativo do deputado e uma queda acentuada do empresário.

 

Espontânea

O Gazeta Regional também encomendou uma pesquisa espontânea. Quinhentos eleitores tiveram que responder a seguinte questão: “se a eleição fosse hoje, em quem você votaria para prefeito?”.

Assim como ocorreu na estimulada, quando os nomes dos candidatos são apresentados, Gondim lidera as intenções de votos, seguido por Melo, e Miguel Bombeiro. O deputado atingiu 23,4%. Melo aparece com 18,6%, e Miguel com 3,4%

Outro dado que chama a atenção na pesquisa espontânea é o número de eleitores que responderam que não sabem em quem vão votar ou preferiram não opinar: 54,5%.

 

Rejeição

A pesquisa também revelou que a maior rejeição entre os eleitores, ou seja, em que o entrevistado não votaria, segue com o candidato do PMN. Vinte e três por cento dos participantes não gostariam de vê-lo como prefeito de Mogi das Cruzes. Gondim é o segundo neste ranking, com 17%, e Melo aparece com 13%. Não sabem ou não opinaram são 34%. Brancos e nulos: 11,2%.

 

ILUSTRAÇÃO

 

 

Mulher representa a maioria das entrevistadas

Mulher, entre 45 e 59 anos, com 2° grau completo, renda de um a três salários mínimos (até R$ 2,640) e católica. Este é o perfil mais comum de eleitores ouvidos pela pesquisa encomendada pelo Gazeta Regional, que apontou o deputado estadual Luiz Carlos Gondim (SD) em primeiro, seguido de Marcus Melo (PSDB) e Miguel Bombeiro (PMN).

Entre os 500 mogianos entrevistados na pesquisa 51,2% eram mulheres. Os homens representaram 48,8%. A idade dos participantes era a seguinte: 16 a 24 anos (11,22%), 25 a 34 anos (24,65%), 35 a 44 anos (26,06%), 45 a 59 anos (28,86%), mais de 60 anos (9,22%).

No grau de instrução dos entrevistados, predominou o 2° grau completo (61,92%), seguido do 1° grau completo (29,06%), superior (6,62%), e analfabeto (2,40%).

O nível econômico: sem rendimento (14,83%), até um salário mínimo (14,83%), entre um e três salários mínimos (22,24%), de três a cinco salários mínimos (8,22%), entre cinco e 10 salários mínimos (0,80%), e mais de 10 salários mínimos (nenhum entrevistado).

Por fim, entre os eleitores ouvidos na pesquisa, a maioria disse ser católica (63,73%), seguido da evangélica (25,25%), e outras (11,02%).

A eleição ocorre em 2 de outubro.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.