ITAQUÁ: Sessão esquenta e vereadores trocam farpas

‘Você vai santificar o prefeito’, ironizou Armando Tavares Neto (PR) referindo-se a líder do governo Celso Reis (PSDB)

 

Por Renan Xavier

 

Os vereadores Armando Tavares Neto (PR) e Celso Reis (PSDB) trocaram acusações na tribuna durante a sessão de ontem (7) na Câmara Municipal de Itaquaquecetuba. O embate ocorreu durante a votação de requerimento que pedia a revisão de salários e criação de um plano de carreira para a GCM (Guarda Civil Municipal).

Embora o pedido tenha sido de autoria de todos os vereadores, Neto cutucou a gestão Mamoru Nakashima (PSDB) afirmando que o prefeito “engaveta” requerimentos. Reis, que é o líder do governo na Câmara, tomou as dores.

“O prefeito está, sim, preocupado em resolver a situação. Nesse momento sabemos muito bem a situação que o município está passando, sem recursos”, disse o governista, queixando-se sobre o tom das acusações de Neto, que rebateu: “o senhor vai santificar o prefeito”, ironizou.

Como esperado, o requerimento foi aprovado por unanimidade.

 

ATRASO – Fato recorrente, a sessão de ontem teve início com quase uma hora de atraso, o que causou a indignação de alguns presentes. “Vamos logo, preciso trabalhar”, gritou uma mulher.

Quando iniciada a sessão, o presidente da Casa de Leis sequer justificou a demora. Enviamos questionamentos sobre os recorrentes atrasos à diretoria da Câmara e atualizaremos a matéria assim que obtivermos resposta.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *