Moradores de 4 cidades da região podem fazer pedidos pelo celular

O serviço, disponível em Itaquá, Mogi, Poá e Santa Isabel, custa menos do que o salário de um funcionário

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Reprodução

O eOuve é um serviço que funciona como um site e/ou aplicativo, como ouvidoria municipal, permitindo que pessoas façam suas solicitações, reclamações e elogios. No Alto Tietê, quatro municípios já aderiram à tecnologia: Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá e Santa Isabel.

Em Itaquá o aplicativo está funcionando há cerca de um mês e, segundo a prefeitura, já foram registradas 104 ocorrências. Na interface do aplicativo aparece que há 16, sendo que 50% das solicitações estão com prazo de respostas atrasado, mas a prefeitura informou que as solicitações estão em andamento.

No dia 28 de maio, por exemplo, foi registrada uma solicitação de tapa-buracos no bairro Quinta da Boa Vista, na Rua Flor do Imperador. Segundo relatos de um morador, o seu veículo caiu no buraco existente na rua e quebrou. A GAZETA esteve no Quinta da Boa Vista e traz, na próxima edição, uma matéria sobre as críticas dos empresários do local em relação à falta de manutenção do bairro.

A prefeitura informou que a solicitação já consta no cronograma de atendimento. Afirmou também que o aplicativo possibilita gerar diversos relatórios para que a administração possa ter uma visão mais objetiva e qualitativa dos problemas da cidade e afirmou que gasta em média R$ 1 mil por mês com o aplicativo.

Na cidade de Poá o eOuve começou a funcionar em dezembro de 2018 e até o momento já foram registrados 243 protocolos. Segundo a prefeitura as solicitações estão em andamento ou concluídas.

Santa Isabel começou a oferecer o serviço no dia 4 de abril de 2019, e desde então foram registradas 67 solicitações no total, sendo que 25 estão em andamento, uma pendente, uma em aberto e 40 solucionadas. Para o município, o aplicativo custa R$ 8,3 mil por ano.

Mogi é a única cidade do Alto Tietê que não oferece a função gráfico para que a população acompanhe as estatísticas das solicitações atendidas em andamento e pendentes. De acordo com a prefeitura, a ouvidoria em Mogi tem uma característica diferenciada, sendo a porta de entrada dos serviços municipais, por isso, algumas funções do aplicativo ainda não estão habilitadas, mas estarão disponíveis nos próximos meses.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.