Novembro azul: luta contra o câncer

Thiago Batalha conta a sua história e como o câncer mudou a sua vida

 

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Bruno Arib 

   

O mês de novembro é conhecido como mês de prevenção ao câncer de próstata e saúde do homem, marcado pela campanha “Novembro Azul”. Para falar sobre esse tema, a GAZETA conversou com Thiago Batalha, que está lutando contra a doença desde o início de 2018, e com o cirurgião oncológico Ricardo Motta, do Centro Oncológico de Mogi das Cruzes.

Thiago contou que a doença começou a se manifestar através de uma dor de garganta, e após várias consultas relatando os mesmos sintomas, um médico notou um nódulo em sua garganta. “Eu falo que esse médico, lá do Jardim Universo, foi meu anjo da guarda, ele que viu que tinha algo errado e me encaminhou para um oncologista e hoje eu estou aqui.”

Com apenas 32 anos, Thiago, enfrentou uma metástase no sistema linfático e teve diversos tumores. No auge de sua doença, ele descobriu a importância do sorriso, e criou o projeto “Vença Sorrindo”, que leva esperança através de uma palestra motivacional, na qual ele conta a sua experiência e a importância do sorriso para sua melhora.

  

TABU – Sobre o câncer de próstata, um dos que mais mata homens no Brasil, Ricardo Motta destacou que as dificuldades dos homens em fazer o exame se dão em decorrência da cultura machista. “Existe uma dificuldade em o homem entender que o exame preventivo não irá alterar em nada sua sexualidade.”

Ele alertou que no início o câncer na próstata é silencioso, por isso a necessidade do exame preventivo. “Portanto aproveitem o Novembro Azul, vençam o preconceito e ganhem vida”, finalizou Motta.

  

SAIBA MAIS – Confira matéria completa sobre Thiago no nosso Facebook.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *