OSS Caminho de Damasco gerencia os postos de ESFs

A empresa atua na cidade há cerca de um ano 

  

Por Lailson Nascimento / Foto: Bruno Arib 

  

Há pouco mais de um ano no município, a OSS (Organização Social de Saúde) Sociedade Beneficente Caminho de Damasco é quem administra o serviço de ESFs (Estratégia Saúde da Família) em Poá. Com nove equipes distribuídas em seis postos de ESFs no município, o serviço é bem avaliado por toda a comunidade.

ESFs atuam por meio de equipes multiprofissionais, compostas por médicos generalistas, enfermeiros e agentes comunitários de saúde. Há 38 anos formado, o clínico geral José Carlos da Silva Rosales dedica quase metade da profissão à saúde da família. Há 7 anos em Poá, ele não trocaria o trabalho por outro local, como explica.

“Na verdade eu estava em outro lugar, ganhando até mais, mas voltei porque o que faço é gratificante. Quando me formei eu trabalhava no meio do mato, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. Gosto porque o vínculo com o paciente é maior, eles acreditam mais em você, e confiam no tratamento e no atendimento que você presta. Assim, acaba sendo mais fácil controlar a doença”, opina o médico.

O vice-prefeito e secretário municipal de Saúde Marcos Ribeiro da Costa (PDT), o Marquinhos da Indaiá, elogiou o trabalho da Caminho de Damasco, mas fez questão de ressaltar que “toda a rede de saúde de Poá está em pleno vapor.” “E no próximo sábado, dia 30, vai melhorar ainda mais com a inauguração do CEME (Centro Municipal de Especialidades), ampliando os serviços com diversas especialidades médicas”, destacou.

Ainda de acordo com Marquinhos da Indaiá, o Hospital Municipal Guido Guida também segue atendendo milhares de moradores por mês. “Com o Guido Guida realizando mais de 15 mil atendimentos por mês e os ESFs fazendo o trabalho de prevenção, teremos cada vez mais uma população saudável”, finalizou.

 

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.