Pais de alunos pedem segurança na creche do Indaiá, em Bertioga

Insegurança causa temor na comunidade estudantil; moradores levaram cobrança à Câmara Municipal

 

Por Aristides Barros / Fotos: Divulgação

 

Um grupo de pais e mães de crianças atendidas pela Creche Municipal do Jardim Indaiá foi na terça-feira (19) na Câmara Municipal de Bertioga para pedir aos vereadores segurança aos filhos assistidos pela unidade educacional, onde, segundo eles, só trabalham mulheres.

Pais de alunos estiveram na sessão da Câmara Municipal, na terça-feira (19)

Durante a sessão foi falado aos vereadores que a ação de criminosos no Jardim Indaiá não se resume a roubos e furtos a residências. Os bandidos e vândalos também têm como seus alvos a creche do bairro. Ainda de acordo com os pais de alunos, recentemente um bandido armado com um revólver teria entrado e roubado a creche. “Isso foi durante o período de férias. Mas a situação continua preocupante e queremos segurança para nós e nossas crianças”, pediram os pais.

 

MEDO – O ataque ocorrido na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, palco de uma tragédia com vários estudantes mortos e feridos, foi um dos motivos que levaram os pais das crianças assistidas pela Creche do Indaiá a ir para a Câmara reivindicar a segurança a seus filhos.

“Foi chocante o que aconteceu em Suzano e não queremos que ocorra o mesmo com os nossos filhos. A situação de falta de segurança não é de agora, a tragédia em Suzano serviu para nós todos pedirmos segurança na creche e no bairro para não chorarmos pelos nossos filhos”, disseram.

Os vereadores ficaram de levar a reivindicação ao prefeito Caio Matheus (PSDB) para que a creche do Indaiá passe a ter sistema de monitoramento por câmeras e também a presença constante de ronda escolar tanto da PM (Polícia Militar) como da GCM (Guarda Civil Municipal).

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.