Parlamentares querem que Mogi aumente seu potencial no exterior

Mauro Araújo e Sadao Sakai integraram comitiva no Japão e na Bélgica

 

Por Lailson Nascimento / Foto: Divulgação

 

Vereadores integrantes da comitiva mogiana que passou, recentemente, por municípios da Bélgica e do Japão retornaram ao município com uma certeza: o potencial de crescimento de Mogi das Cruzes será ainda maior a partir do momento em que a cidade passar a investir concretamente nas relações exteriores.

No entendimento de Mauro Araújo (MDB) e de Sadao Sakai (PR) – atual presidente do legislativo -, o intercâmbio realizado pelo poder público demonstra aos potenciais investidores estrangeiros que o município oferece respaldo suficiente para a instalação de negócios internacionais no Brasil.

“A NGK, embora vá investir R$ 200 milhões em Mogi nos próximos 3 anos, tem um plano de investimento maior na cidade. E quando você faz esse tipo de relacionamento, para mostrar que a cidade vai ser parceria no desenvolvimento do projeto da empresa, isso passa mais confiança” aponta Sakai.

“Daí a necessidade de criar um departamento na prefeitura para realizar relações exteriores. Sem contar que é uma abertura para empresários mogianos investirem lá fora. A Bélgica, por exemplo, está aberta para investimentos do Brasil”, completa Mauro Araújo.

 

COSTUMES – Os parlamentares, que contaram com a companhia do prefeito Marcus Melo (PSDB) e de empresários da cidade, também ressaltaram as diferenças culturais entre o Brasi e o Japão. “10% da nossa população é descente de japoneses. Temos mais de 12 mil mogianos no Japão. Portanto, a nossa relação com os japoneses é muito maior. Dito isso, quero observar que o meu papel é tentar repassar à sociedade tudo aquilo que aprendi em poucos dias naquele País. Ressalto o grau de organização e o senso de coletividade daquele povo”, concluiu o emedebista.