Prefeito de Biritiba trabalha para retomar obras de pavimentação

Moradores das vias que serão contempladas esperam que as obras sejam concluídas em breve

  

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Bruno Arib

  

O prefeito de Biritiba Mirim, Walter TaJiri (PTB), assinou no último dia 11 de março uma notificação para “Execução de Contrato” destinada à empresa responsável por obras de pavimentação e drenagem das Ruas 25 de Março, no Jardim Lorena, e Avenida Brasil, no Castelano.

A notificação estipulou o prazo de 10 dias para que a empresa retome a obra. Caso a solicitação não seja atendida, uma nova licitação será aberta. “Ambas as obras são de grande importância e precisam ser finalizadas o mais rápido possível. Demos um prazo de 10 dias para que a empresa responsável inicie o serviço”, comenta o prefeito.

A GAZETA esteve no bairro Castelano e conversou com os moradores a respeito da possível retomada nas obras. De acordo com eles, o serviço então iniciado pela gestão do ex-prefeito Carlos Alberto Taino Junior (PSDB), o Inho, deixou a desejar. Eles reclamam que a camada de massa asfáltica presente em um trecho da via é fina, portanto, há muitos buracos e erosões.

A Avenida Brasil tem apenas um trecho pavimentado, o restante da rua ainda é de terra. Ainda segundo os moradores, quando chove é impossível subir o morro da via, em decorrência da lama.

“Muito tombo, muito carro quebrado, muita lama, é isso que a gente enfrenta aqui. Quando chove vem água nas casas, o asfalto é só uma casquinha, e nesse morro, quando chove, ninguém consegue subir, ou seja, não tem infraestrutura nenhuma”, explicou a comerciante Eliane Gutirrez Retuci, de 44 anos.

O aposentado Alceu Ferreira afirma que as reclamações mencionadas por Eliane são de todos que moram na região. “Eu moro aqui tem um ano e vejo a situação do bairro, é bem complicado. Eles até asfaltaram um trecho, mas é um serviço mal feito.”

Alceu deixa um recado ao prefeito: “Eu gostaria que o prefeito olhasse mais para o bairro, não só na época de eleição, mas depois também. E lembrar que virá novas eleições, e se ele não fazer um bom serviço, automaticamente na próxima ele está fora.”

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.