‘Trote Solidário’ mobiliza a UMC

A ação propõe doação de livros para AACD de Mogi; livros serão utilizados pelos alunos da associação

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Divulgação 

No ano em que os cursos de comunicação UMC (Universidade de Mogi das Cruzes) completam 45 anos, o Diretório Acadêmico Assis Chateaubriand realiza um trote solidário nomeado Camaleron, que visa arrecadar livros para doar à AACD (Associação de Apoio à Criança Deficiente) de Mogi das Cruzes.

De acordo com a presidente do Diretório Marcela Fernandes Siqueira, estudante de Publicidade e Propaganda, a iniciativa veio através da responsável pela AACD e eles decidiram abraçar.

“Nós acreditamos que essa é uma campanha que tem muito a ver com a gente, porque fazemos comunicação e a leitura é uma forma de propagar mensagens, de ensinar também. Então foi algo que se encaixou perfeitamente”, explicou Marcela.

Os livros serão usados para ajudar no desenvolvimento da leitura e comunicação dos pacientes da associação, bem como para que os pais possam se entreter enquanto aguardam o atendimento dos filhos.

Os alunos já arrecadaram cerca de 200 livros. A arrecadação segue até o dia 28 e está sendo feita através de caixas espalhadas pela UMC. A ação também conta com a ajuda dos alunos do curso de Psicologia.

CONTINUIDADE – A ação contagiou os membros do diretório e a ideia é usar as ferramentas que os alunos aprendem durante o curso para propagar os efeitos do trabalho. “A nossa proposta é montar um canal no Youtube e gravar vídeos dentro da AACD, mostrando o trabalho incrível que é realizado lá e quanto os livros ajudaram nesse processo”, comenta a presidente.

Para o Diretório, a ação é uma forma de espalhar o amor e solidariedade. “Em tempos tão difíceis, é fundamental espalharmos amor, poder ajudar as pessoas, é um sentimento de enorme gratidão, é uma maneira linda de aplicar o que aprendemos na faculdade, aplicar os ensinamentos para ajudar os outros”, finalizou a futura publicitária.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*