‘Velha Senhora’ passa a operar em Guararema

TURISMO

 

‘Velha Senhora’ passa a operar em Guararema

 

Em passeio inaugural, autoridades destacaram a importância da locomotiva para o turismo regional

 

Por Lailson Nascimento

De Guararema

 

O Alto Tietê acaba de ganhar uma importante ferramenta para a exploração do turismo regional. Trata-se do passeio a bordo da Maria Fumaça 353, a locomotiva “Velha Senhora”, que entrou em operação no dia 16. Maior trem a vapor em funcionamento no País, a 353 é, no entendimento de autoridades, um marco para Guararema – onde a locomotiva irá circular.

Em passeio inaugural, ocorrido no dia 16, o prefeito Adriano de Toledo Leite (PR) chamou a atenção para as oportunidades que a “Velha Senhora” representa para o fomento ao turismo. O deputado federal Marcio Alvino (PR), idealizador do projeto, resumiu a satisfação em ver a locomotiva voltar a circular: “É um sonho se realizando”.

No próximo dia 24, os turistas já poderão fazer passeios a bordo da “Velha Senhora”. Dessa data em diante, a locomotiva ficará disponível às sextas, sábados, domingos e feriados.

Segundo o que foi divulgado pela Regional do Sul de Minas da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF), o passeio terá duas horas e meia de duração.

Circulando entre a estação Central e a estação de Luís Carlos, em um trecho de aproximadamente 7 quilômetros, o passeio cultural irá promover uma verdadeira volta ao passado, porém, tem o futuro como destino, pois será utilizado como um projeto piloto para demais municípios que tenham viabilidade técnica para implantação do passeio.

É o caso de Mogi das Cruzes. “O próximo passo do trem turístico de Guararema é avançar até Mogi, na Estação Sabaúna. Este é um sonho antigo e será o primeiro compromisso da Frente Parlamentar em Defesa da Memória e do Patrimônio Ferroviário”, garantiu Alvino.

Fabricada nos EUA em 1927 e completamente restaurada para rodar em Guararema, a Maria Fumaça 353 conta com três carros de passageiros da década de 30 que comportam, ao todo, 142 passageiros.

 

Velha Senhora

Como a história de Guararema se confunde com a história do transporte ferroviário, a “Velha Senhora” já foi personagem de outras histórias ocorridas no município. A locomotiva pertencia à Estrada de Ferro Central do Brasil e fazia o trajeto entre São Paulo e Rio de Janeiro, contribuindo para o desenvolvimento da cidade. Agora, a “Velha Senhora” volta aos trilhos com a proposta de preservação ferroviária, resgate histórico e cultural, além de fomento ao turismo cultural.

 

Educação

Na programação do passeio regular, haverá um dia na semana dedicado ao passeio gratuito destinado às escolas municipais, escolas estaduais, participantes de programas sociais, melhor idade e entre outros grupos do município.

“Vamos trabalhar de maneira muito intensa para que haja o retorno pedagógico. A rede pública municipal de educação, que já é referência no Alto Tietê, ganha mais uma magnífica ferramenta. Os estudantes vão vir a Luís Carlos, acompanhados dos professores, e terão aulas de História, além de usufruírem do passeio de maneira gratuita”, enalteceu o prefeito.

 

Serviço

Interessados devem fazer reservas pelo e-mail guararema@abpf.com.br. A viagem custará R$ 50, mas os moradores da cidade que comprarem ingressos antecipados terão custo de R$ 15.