12º Festival do Cambuci levou novos sabores em Salesópolis

A expositora Fran conta que tem mais de 30 produtos com a fruta; cidade recebeu 6 mil pessoas no evento

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Marcelo Fontes

Aroma cítrico e adocicado, casca verde e fina são características do fruto “kãmu-si” ou “pote d’água”, em decorrência da sua semelhança com um vaso de cerâmica. Você deve estar se perguntando que fruta é essa? Nós conhecemos ele como Cambuci, uma fruta nativa da Mata Atlântica que sofreu ameaças de extinção.

Muito utilizado e apreciado na produção de cachaças e licores, o Cambuci ganhou novas formas e sabores no 12° Festival Gastronômico do Cambuci de Salesópolis. A festividade faz parte da Rota do Cambuci e aconteceu entre os dias 6 e 8 de setembro.

De acordo com a organização cerca de 6 mil pessoas passaram pelo local durante os três dias de festa. Alessandra Dias, Secretária de Turismo, Cultura e Esporte, fez um balanço positivo do festival.

 “Durante os três dias de festa, aconteceram várias atrações culturais e gastronômicas. Quero agradecer todos que contribuíram para realização do evento. O evento correspondeu às expectativas, houve um grande número de participação do público em geral, que puderam degustar receitas à base de Cambuci e apreciaram as atrações culturais”.

TRADIÇÃO –  Francisca de Oliveira da Silva, mais conhecida como Fran, participa do festival há 8 anos. “Sempre tivemos alguns pés de Cambuci, minha irmã usava para pinga, até que fomos conhecer Paranapiacaba e estava acontecendo o festival lá. A partir daí pensei na possibilidade e comecei a fazer receitas com a fruta.”

Empadinhas, torta, pão de ló, mousse, sorvete, quindim, molhos, xarope e até mesmo linguiça, além das cachaças e licores, são receitas de Fran, todas com Cambuci. Ela conta que se apaixonou pela fruta e desde então, a cada ano, novas delicias surgem.

Já teve várias receitas premiadas e nesse ano não foi diferente, a receita de Cuca de Cambuci, foi a escolhida entre diversos pratos de doces concorrentes.

Fran recebeu a equipe da GAZETA em sua casa, na região central de Salesópolis. Ao entrar, nota-se o som de pássaros, muitas plantas e clima de interior. Muito solicita e simpática, já mostrou de cara a cozinha e as delícias preparadas por ela sobre a mesa.

Receitas únicas, com sabores inesperados. Convidou a reportagem para sentar à mesa e saborear alguns dos itens que a expositora levou à feira. Podemos afirmar que vale a pena conferir.

A cozinheira declarou o festival atingiu suas expectativas. “Foi bem legal, mas queria lembrar que estou participando das feiras noturnas da cidade, toda sexta-feira, com todas essas receitas, só me procurar lá. ”

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*