A arte, o povo e o medo dos políticos

Da Redação / Arte: André Jesus

O pessoal envolvido com arte e cultura junto a outros segmentos ligados direta e indiretamente ao meio artístico-cultural pediu em carta que a Câmara de Mogi coloque em votação, ainda este ano, o Plano Municipal de Cultura 2020=2030.

O destaque é ter de precisar pedir algo de suma importância, reveladora de como pensa e se expressa o mogiano por meio do seu potencial criativo, o que revela a sua identidade perante o resto do País.

Talvez o Legislativo e os seus bravos legisladores não tenham domínio completo sobre a capacidade e a dinâmica da arte de concretizar o abstrato, transformar sentimentos em palavras, incorporar personagens, “ficcionar” a realidade, muitas vezes criadas por eles mesmos e seus “dramalhões” mandatários.

Ou talvez saibam tão profundamente que se fingem de mortos e vão postergando algo que, dado na medida certa ao povo, vai torná-lo menos dócil, menos submisso, mais reivindicador e agressivo com a inoperância que regem os mandatos impopulares.

Mas vamos endossar junto aos artistas o pedido para que cada um detentor do mandato popular faça jus aos salários para também trabalharem pela ampliação e aproveitamento integral dos talentos mogianos na votação ainda este ano do Plano Cultural da cidade.

Aversão à arte é a involução humana, coisa de gente acostumada a viver num universo pequeno, fechado em temores de conhecer o mundo novo, o que é doentio. E os parlamentares, por todos os desacertos que cometem, podem ser criticados e rotulados de muitas formas, menos de serem mentalmente perturbados. É o que se espera.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*