Ajudas para combater “fake news”

A circulação de notícias falsas levanta dúvidas sobre fontes de informações confiáveis

Por Testemunhas de Jeová | Foto: Divulgação

Notícias enganosas, relatórios falsos, teorias da conspiração — você consegue identificar uma “fake news”? Em meio à prevenção ao coronavírus, o mundo vive outra pandemia paralela: a da desinformação. O diretor sênior de Segurança Alimentar e Nutricional para a ONU, Sridhar Dharmapuri, declarou: “Checar uma informação tornou-se tão importante quanto lavar as mãos.”

A circulação de notícias falsas levanta dúvidas sobre fontes de informações confiáveis, leva as pessoas a rejeitar orientações de saúde e segurança e promove o preconceito e a violência. Não existe uma vacina contra o “vírus” da desinformação, mas algumas perguntas podem ajudar você a identificar e a se proteger de notícias falsas:

  • Não acredite em tudo o que você vê ou ouve

‘Será que essa notícia é verdadeira, ou é apenas um “meme”?’

  • Avalie a fonte e o conteúdo

‘Será que a notícia apresenta opiniões como se fossem fatos ou conta apenas um lado da história?’

  • Seja guiado pelos fatos, e não por suas preferências

‘Será que eu confio nessa informação só porque ela diz o que eu quero acreditar?’

  • Interrompa a circulação de desinformação

‘Eu tenho certeza de que essa informação é verdadeira para poder compartilhar com outros?’

Veja o artigo completo no JW.ORG, site oficial das Testemunhas de Jeová: Como se proteger de informações falsas.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

2 comentários sobre: “Ajudas para combater “fake news”

  1. Os do Corpo dos Governantes, os donos do JW.Org, da Torre de Vigia, das revistas A Sentinelas e Despertei!, de todos os prédios da religião e dono até mesmo das próprias Testemunhas, são os maiores criadores e veiculadores de fake News. Diferentemente das fake News convencionais, no entanto, as fake News religionistas são mais perigosas, mais danosas e mais desencaminhadoras.

    Os do Corpo dos Governantes já são os mestres das fake News por mais tempo que qualquer outros. Eles e seus antecessores já inventam notícias falsas há mais de 100 anos. Por exemplo, eles divulgaram amplamente que o mundo se acabaria em 1914, 1935 e agora dizem que ‘não sabem de nada’. Eles também são craques em culpar outros – não raro seus próprios seguidores – por suas afirmações descabidas. Quando suas profecias são comprovadas fake News, eles dizem algo assim:

    ‘No passado ALGUNS DENTRE AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ falamos isso e aquilo, mas agora NÓS DO CORPO DOS GOVERNANTES vemos que ELES se equivocaram’.

    Os do Corpo dos Governantes também espalham mundo afora crenças que não podem ser comprovadas pelas Escrituras, mas que ELES juram ser “a verdade”. São fake News na certa. A própria crença de que o nome ‘Testemunhas de Jeová’, conforme mencionado no livro de Isaías, que claramente ele fala APENAS dos carnais filhos de Israel mas que os do Corpo dos Governantes aplicam aos membros de sua (deles) religião, é uma fake News.

    São muitas as fake News vindas dos JW’s, como agora os do Corpo dos Governantes preferem chamar seus seguidores.

  2. este apóstolo TDS está por fora ,dor de cotovelo no mínimo um expulso mal amado das tjs KKKKKKKK

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*