Arujá foi vítima de um estelionato eleitoral em 2016, avalia Betinho Gil

Crítica vem após reportagem sobre a falta de cumprimento de promessas

Por Lailson Nascimento / Foto: Divulgação

O empresário Gilberto Daniel Filho (Pode), o Betinho Gil, é direto: “Arujá tem um dos melhores orçamentos do Alto Tietê, mas só não se desenvolve por falta de capacidade administrativa dos últimos governos.”

A crítica vem logo após a publicação de reportagem da GAZETA a respeito das promessas não cumpridas do Plano de Governo do atual prefeito, José Luiz Monteiro (MDB), o Zé Luiz. Conforme a reportagem mostrou na última edição, parte considerável das promessas feitas por Zé Luiz na campanha de 2016 não foram executadas.

No entendimento de Betinho Gil, o caso deveria ser enquadrado como “estelionato eleitoral.” “Eu vejo isso como uma falta de respeito com os eleitores dele. Ele vendeu para a população que a cidade teria uma UTI Neonatal em 90 dias e não cumpriu. É a mesma coisa que você contratar um serviço e ele não ser entregue. Para mim isso não passa de crime eleitoral”, opinou.

Questionado se o problema não estaria relacionado à falta de recursos, o pré-candidato a prefeito afastou a hipótese. “Arujá tem um dos melhores orçamentos do Alto Tietê, mas só não se desenvolve por falta de capacidade administrativa. Tem secretário-adjunto ganhando mais de R$ 10 mil, motorista ganhando R$ 11 mil.”

E finalizou: “Ele [Zé Luiz] prometeu mais de 50 policiais militares na rua em 90 dias, através da Atividade Delegada, o que não aconteceu. Prometeu mais creches em período integral, mas tirou boa parte das vagas. É um absurdo, e eu entendo que se o eleito não cumprir mais de 90% do Plano de Governo tem que sair do cargo. É preciso sobrar dinheiro para investir na qualidade de vida da população, e é isso o que pretendo buscar.”

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*