Aulas em Mogi das Cruzes devem retornar em fevereiro

Inicialmente o retorno se dará de forma remota, a volta das aulas presenciais ainda não tem data marcada

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Giovanna Figueiredo

O ano letivo em Mogi das Cruzes começa no dia 8 de fevereiro, mas de forma remota. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (27) pela equipe da secretaria de Educação comandada por Rose Tonete em entrevista coletiva. A vice-prefeita (co-prefeita) Priscila Yamagami (PODE) também esteve presente.

51% dos pais são a favor da volta às aulas presenciais. Entre os dias 18 e 21 de janeiro foi feita uma consulta pública sobre o retorno das aulas no município, 20.625 mogianos participaram, desses 15.244 eram pais e responsáveis de alunos. Mas, segundo a pasta de educação, a decisão de manter as aulas de maneira online ou remota, se deu por recomendações da secretaria de Saúde em decorrência do avanço da pandemia.

O retorno das aulas presencias está previsto para março, mas tudo depende dos números de casos e mortes por Covid-19. As aulas devem ser retomadas de forma gradual e de maneira hibrida, ou seja, uma parte presencial e a outra remota.

Retorno

Acolhimento. Essa foi à palavra de ordem do retorno as aulas. Primeiro será vez dos diretores, professores e outros profissionais da área de educação, participarem de forma online de atividades de acolhimento. Posteriormente, entre os dias 8 e 10 de fevereiro, os alunos e seus pais também participarão de atividades semelhantes.

Acesso

Durante a entrevista coletiva, a GAZETA questionou a equipe de educação mogiana sobre como será a retomada das aulas de forma remota para os alunos que não tem acesso à internet ou que não conseguem acompanhar por outros problemas.

De acordo com a secretária Rose e o secretário adjunto da pasta Caio Callegari, já há um levantamento em andamento para saber quantos alunos estão nessa situação e quem são esses alunos. A partir disso, a equipe de educação desenvolverá métodos para que todos possam receber o conteúdo.

“Nosso objetivo é não deixar nenhum aluno para trás”, afirmou Caio.

Contratação

A secretária já afirmou que haverá um processo seletivo simples para contratação de professores. O objetivo é suprir a necessidade do município, até que o concurso público concluído.

Antes do inicio da pandemia a prefeitura de Mogi abriu um edital para contratar professores e outros professionais da área de educação, no entanto, o processo teve que ser interrompido. Segundo Rose, a previsão é que as provas do concurso sejam realizadas em março, para que possam ser feita as contratações definitivas.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*