Bancários mogianos protestam contra demissões

De acordo com o Sindicado dos Bancários, o banco Bradesco demitiu seis funcionários na região

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Divulgação

O Sindicato dos Bancários de Mogi das Cruzes e Região fez protesto hoje (7) na agência do Bradesco da Avenida Voluntário Fernando Pinheiro Franco, conhecida como Avenida dos Bancos. De acordo com o sindicato, o motivo da atividade é uma demissão em massa feita pelo banco.

Conforme nota publicada no site do Sindicato, só na base territorial em que o órgão atua seis pessoas foram demitidas, mas ainda segundo a nota o Bradesco foi à instituição privada que registrou maior lucro no setor financeiro, com mais de R$7 bilhões.

“Mesmo garantindo lucros, o Bradesco não poupou trabalhadores num momento tão difícil como esse que vivemos, de crise sanitária e econômica, e vem desligando trabalhadores sem justa causa. Independentemente da conjuntura, o setor financeiro é sempre imune aos efeitos da crise, por isso, mais do que nunca precisamos lutar pela garantia do emprego e renda desses trabalhadores”, destacou o presidente do Sindicato, Clayton Teixeira Pereira.

De acordo com cliente do Bradesco que passava pelo local, o banco foi fechado antes da 13h e ao questionar foi informado que motivo do fechamento antecipado seria o protesto.

“Esses protestos atrapalham quem precisa usar os serviços da agência”, declarou o cliente.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*