Berço do Rio Tietê, região preserva outros recursos naturais para receber os turistas

Por Lailson Nascimento / Arte: André Jesus

Com duas Estâncias (Poá e Salesópolis) e três MITs (Guararema, Mogi das Cruzes e Santa Isabel) até o atual ranqueamento, o Alto Tietê não é só reconhecido por ser berço do principal rio do Estado, mas também pelos demais recursos naturais a poucos quilômetros da Capital paulista.

Em Poá, por exemplo, o título de Estância Hidromineral se deve à existência de oito fontes de água mineral com propriedades medicinais. Além disso, a cidade está construindo um balneário que, no entendimento da prefeitura, poderá ser um importante atrativo.

O diretor nacional de turismo sustentável da Anamma (Associação Nacional de Municípios e Meio Ambiente), Romildo Campelo, concorda: “Poá está atrasada há décadas na sua agenda de Estância Turística, precisa se reinventar. O caminho é o balneário, porque a cidade é privilegiada, por conta da água mineral, e é vizinha de parede da cidade de São Paulo.”

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*