Bertaiolli é eleito 1º vice-presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços

Grupo tem o objetivo de propor e discutir ações governamentais destinadas à retomada da economia, fortalecimento das MPES, geração de emprego e abertura de novos postos de trabalho

Da Redação / Foto: Divulgação

O deputado federal Marco Bertaiolli (PSD) foi eleito e tomou posse na manhã desta quarta-feira (10/03/2021), do cargo de 1º vice-presidente da CDEICS (Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços). “Essa é uma grande responsabilidade que assumimos no Congresso Nacional, principalmente num momento como esse em que atravessamos a maior crise econômica e sanitária dos últimos 100 anos”, destaca o deputado.

Presidida pelo deputado federal Otto Alencar Filho, também do PSD, a Comissão tem como objetivo discutir, acompanhar planos e programas governamentais destinados ao fomento de projetos que viabilizem e concretizem a retomada econômica, o fortalecimento das Micro e Pequenas Empresas, a geração de emprego e renda no País.

“Temos dois grandes desafios. O primeiro é passar por toda essa pandemia econômica e a segunda é a retomada da produção, a abertura de novos postos de trabalho e fazer com que as empresas, os empreendedores e todos aqueles que produzem renda neste País se mantenham de portas abertas e trabalhando”, destaca Bertaiolli, que também é vice-presidente da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), onde já atua, há mais de 20 anos, no segmento das MPEs.

Ainda conforme Bertaiolli, as sessões e todos os trabalhos, neste momento, acontecem de forma virtual, respeitando o distanciamento social que a pandemia causada pelo Coronavírus impõe, mas nem por isso as ações se tornam menos importantes ou realizadoras. “É justamente agora que precisamos trabalhar e muito para criar os mecanismos necessários para que possamos superar tudo isso”.

Entre as ações está a realização de reuniões sobre as políticas públicas destinadas à atividade industrial, comercial e agrícola, setor econômico terciário, sistema monetário, comércio exterior com políticas de importação e exportação em geral, além de acordos comerciais, tarifas e cotas. “Um dos grandes propósitos ainda é garantir a proteção e benefícios temporários, exceto os de natureza financeira e tributária, às empresas brasileiras de capital nacional. Trabalhar o cooperativismo e outras formas de associativismo na atividade econômica”.

Reformas

Ainda conforme o deputado, o Congresso Nacional terá pela frente um ano de muito trabalho e de discussões para fazer sair do papel as tão esperadas reformas Fiscal, Tributária e Administrativa. “Tudo isso se complementa para que possamos ter verdadeiramente o desenvolvimento econômico e a justiça social que tanto buscamos nesse País. É evidente que essa pandemia trouxe à tona e depois muito mais evidente as diferenças econômicas e sociais. Não se pode mais conviver com tantas distorções e desigualdades sociais”.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*