Biritiba lidera ranking de eficiência

Estudo realizado pela Folha de São Paulo mostra que cidade é a que melhor aplica recursos em saúde, educação e saneamento na região. Foto: Renan Xavier

 

Por Lailson Nascimento

Da Redação

 

Ferramenta lançada pelo jornal Folha de São Paulo – em conjunto com o Datafolha -, revela que Biritiba Mirim é o município do Alto Tietê com a gestão pública mais eficiente. Ao analisar a gestão de 5.281 municípios brasileiros, o Ranking de Eficiência dos Municípios (REM-F) concluiu que o governo de Carlos Alberto Taino Júnior (PSDB), o Inho, é o que entrega mais serviços à população usando menor volume de recursos financeiros na região. Em todo o país, Biritiba ficou com a 483ª posição.

Tomando como base indicadores relacionados à saúde, educação e saneamento, o REM-F compara a prestação dos serviços à receita do município. O resultado mostra quem consegue melhores resultados nos três quesitos gastando menos dinheiro público. Numa escala de 0 a 1 (quanto mais próximo de 1 no ranking, maior a eficiência no gasto de sua receita), Biritiba alcança nota média de 0,540 – só 24% das cidades brasileiras ultrapassam 0,50 e, por isso, podem ser consideradas eficientes).

Na área de educação, o REM-F considera os percentuais de crianças de 0 a 3 anos em creches e 4 e 5 anos na escola. Na saúde, a cobertura por equipes de atenção básica e o total de médicos por habitantes. No saneamento, os percentuais de domicílios atendidos pelas redes de água e esgoto e por sistema de coleta de lixo. No ranking, consta que, no Brasil, se investe 32% em educação, enquanto que em Biritiba, a média é de 37%. Na área da saúde, a média em todo país é de 24%, enquanto que em Biritiba, alcança-se os 27%. Embora não divulgue a porcentagem do gasto com saneamento, o estudo revela que Biritiba possui média de 0,735 frente à escala de 0 a 1, e que, a cada 100 habitantes de Biritiba, existem 2,4 servidores, enquanto que a média nacional é de 5,1.

 

 

Prefeito

ABRE_Biritiba REM-F - foto 2 @divulgaçãoAo avaliar a nota alcançada pelo município, Inho avalia que estar à frente de importantes municípios da região demonstra a seriedade de seu governo. “Temos trabalhado pensando sempre em fazer muito, mas nunca esquecendo que nossos recursos são poucos. O ranking é um termômetro importantíssimo e extremamente sério, o que nos gratifica e nos motiva em continuar trabalhando até o último dia de nosso mandato em busca do melhor para nossa cidade”.

 

Obras

Na entrevista, Inho também revelou que, até novembro, a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Castellano será inaugurada, aumentando-se a cobertura na área da saúde.

 

O que é

O REM-F é uma ferramenta que permite analisar a forma como as administrações estão gastando a receita que têm disponível em áreas da competência exclusiva de seus prefeitos. Ao levar em conta o mínimo que o município precisa fazer para dizer que cumpre com as suas obrigações, como colocar crianças na escola, prestar atendimento de saúde e recolher o lixo, o ranking relaciona os serviços à receita per capita do município.

Captura de tela 2016-09-02 21.13.40

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*