Bloqueio sanitário será realizado no final de semana em Biritiba Mirim

A ação será na entrada principal da cidade

Da Redação / Foto: Divulgação

A Prefeitura Municipal de Biritiba Mirim realizará no próximo sábado (30) e domingo (31), bloqueio sanitário em diversos pontos do município em prevenção ao novo Coronavírus. A ação é coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde, tendo apoio da Vigilância Epidemiológica e Sanitária, além de outros setores da administração.

Duas ações de bloqueio sanitário já foram realizadas na cidade, no início da avenida Ferdinando Jungers, próximo à entrada principal do município. Para se ter uma ideia, só no primeiro bloqueio, dia 30 de abril, foram parados 870 veículos no período das 13 às 16 horas. Desses, 320 eram de São Paulo, 160 de Mogi das Cruzes, 130 de Salesópolis e 260 de Biritiba Mirim.

No dia 1º de maio, foram verificados 1.256 veículos, sendo 360 de São Paulo, 306 de Mogi, 125 de Salesópolis e 465 de Biritiba. Já no dia 2 de maio, aconteceram dois pontos de bloqueio. O primeiro, no período das 9 às 12 horas, foi realizado no bairro Pomar do Carmo, onde foram parados 375 veículos, destes, 175 de São Paulo e 75 de Mogi das Cruzes. O segundo bloqueio, das 13 às 16 horas, na entrada da cidade, foram parados 860 veículos. No último final de semana, nos dias 23 e 24 de maio, foram verificados 662 veículos, no sábado, e 309, no domingo.

Durante o bloqueio, a equipe realiza a aferição de temperatura do motorista e passageiros dos veículos. Se for constatado alguma situação, como febre alta e sintomas da Covid-19, uma enfermeira acompanha a pessoa até o Pronto Atendimento Municipal, para avaliação médica.

No bloqueio deste final de semana, a Secretaria Municipal de Saúde adotará uma nova estratégia, tendo pontos de bloqueio em diversos locais da cidade, como o bairro do Sogo, Rio Acima, Jardim Yoneda, Cruz das Almas e em frente ao Ginásio Municipal de Esportes. No sábado, o bloqueio será das 9 às 16 horas, e no domingo, das 9 às 12 horas.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*