Brasil recebe convite informal para participar da Opep

O país pode se tornar o terceiro maior produtor de petróleo do mundo

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Divulgação

O Presidente Jair Bolsonaro disse que a Arábia Saudita teria convidado informalmente o Brasil para se juntar à Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), o convite sinaliza uma crescente importância do país como produtor de petróleo.

Se o país ingressar na Opep pode se tornar o 3° maior produtor de petróleo do mundo, ficando atrás apenas da Arábia Saudita e Iraque. A produção brasileira está crescendo e gerando complicações para o cartel sustentar os preços do petróleo.

Em 2018 o país produziu 2,71 milhões de barris por dia, de acordo com a IEA (Agência Internacional de Energia). O órgão prevê que neste ano a produção chegue a 2,9 milhões e em 2020 a 3,22 milhões.

OPEP –  Foi criada em 1960 em Bagdá, no Iraque, conta com 14 países-membros e tem como objetivo centralizar a administração de petróleo de seus integrantes, bem como os preços dos barris de óleo cru e derivados no mercado. Na América Latina, Equador e Venezuela fazem parte do grupo.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*