Campanha “Sinal Vermelho para a Violência Doméstica”

Por Michelli Veneziani Silva / Arte: Giovanna Figueiredo

Em tempos de isolamento social os índices de violência doméstica têm se agravado em todas as cidades do país e a dificuldade em denunciar os agressores também tem sido uma constante entre as vítimas deste tipo de violência.

Na tentativa de facilitar a maneira para denunciar o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) lançaram a campanha “Sinal Vermelho para a Violência Doméstica”.

São Sebastião também está nesta campanha que tem como principal objetivo oferecer um canal silencioso para que as mulheres possam pedir ajuda e desde o início da semana a Coordenadoria Municipal da Mulher está visitando as farmácias da cidade para fazer a orientação de quais são os procedimentos que devem ser feitos.

A principal orientação é para que a vítima faça um “X” vermelho na palma de uma das mãos, que pode ser feito com caneta ou mesmo com um batom, e mostrar ao atendente ou farmacêutico dos estabelecimentos comerciais que se trata de uma denúncia para que seja acionado o telefone 190.

Esta é uma campanha extremamente importante de auxílio e para mostrarmos a estas mulheres que elas não estão sozinhas e que se estiverem sofrendo violência doméstica precisam pedir ajuda.

Desde 2017 a cidade conta com a Patrulha Maria da Penha da Guarda Civil Municipal, uma ferramenta importante de atendimento à mulher vítima de violência. Em todo este período já foram quase 1,9 mil atendimentos o que resultou em 12 agressores presos e 351 casos de medidas protetivas sendo acompanhados pelos integrantes da GCM.

Em São Sebastião, desde o início do ano a cidade conta com a Casa Poderosa. Um espaço voltado para amparar mulheres vítimas de violência doméstica ou em situação de vulnerabilidade social.

Quando idealizei este espaço quis oferecer para a mulher um ponto de apoio do poder público para que ela encontrasse condições de recuperar a dignidade com acompanhamento de equipes multidisciplinares e dar o suporte para que ela possa ter autonomia de sua própria vida.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*