Center Leste dá início à coleta de resíduos sólidos em Salesópolis

Empresa promete ‘revolucionar’ um trabalho sempre marcado como deficitário

Por Lailson Nascimento / Fotos: Bruno Arib

Salesópolis conta, desde sexta-feira (1), com um novo modelo de coleta de resíduos domiciliares. Depois de admitir que o serviço executado diretamente pela municipalidade não é suficiente para atender a demanda, a prefeitura oficializou contrato com a Center Leste. A expectativa na cidade é de que a empresa recolha entre 17 e 20 toneladas por dia. O contrato é de 12 meses e ao custo de R$ 370 por tonelada.

Responsável pelo mesmo serviço em outros três municípios, sendo duas no Alto Tietê, Arujá e Biritiba Mirim, a Center Leste inicia o contrato com uma experiência que promete garantir um modelo totalmente renovado de coleta de lixo em Salesópolis.

Dentre as mudanças está o horário de circulação pela cidade, que se dará a partir das 19h. O objetivo é respeitar o horário comercial de trabalho da população e, ao mesmo tempo, evitar a fadiga dos trabalhadores por conta do sol. Os dias de coleta são segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira.

Se antes a cidade contava com apenas um caminhão para todo o perímetro, agora são dois veículos zero-quilômetro. Outro diferencial são os modelos de compactadores de lixo, cuja tecnologia impede que o chorume seja depositado no chão ou até mesmo misturado aos resíduos, eliminando odores e eventuais problemas ambientais.

Além de toda a preocupação com as ferramentas de trabalho, outra exigência da prefeitura foi a contratação de pessoas do próprio município. Segundo o que foi divulgado, a empresa terá um encarregado, dois motoristas e seis coletores. Os profissionais participaram da apresentação realizada pelo prefeito Vanderlon Gomes (PL) na sexta-feira (1).
O telefone para contato com a empresa é o (11) 4725-1912.

NOVA ERA – Ao demonstrar expectativa positiva com o novo modelo, o prefeito pediu a colaboração dos munícipes para que a coleta seja realizada com a qualidade aguardada. Para tanto, ele sugeriu que os materiais sejam depositados nas calçadas a partir das 18h.

Outro ponto citado pelo prefeito foi o impedimento, por conta de recomendação do MP-SP (Ministério Público de São Paulo), da coleta na zona rural.

“Na zona rural nós intensificamos o trabalho de compostagem e de reciclagem e a população tem aceitado muito bem. Aquelas pessoas que têm espírito de liderança estão ajudando na conscientização. Acreditamos em uma evolução muito rápida com relação a essa questão rural. Estamos até realizando um sorteio de um iphone para incentivar essa questão da reciclagem. As pessoas já estão participando e o volume de descarte diminuiu bastante”, concluiu o prefeito Vanderlon.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*