Chuvas castigam Ferraz e famílias perdem tudo

Fortes temporais assolam cidades da região; em Ferraz, moradores reclamam de abandono

Por Gabriel Dias / Fotos: Bruno Arib

As fortes chuvas nos últimos dias provocaram, no Alto Tietê, intensos alagamentos e até vítimas fatais. Roseli de Lima, 38 anos, morreu no início deste ano ao ser arrastada pela água. Ela morava em Ferraz de Vasconcelos.

Na cidade, um dos bairros que mais sofreu foi a Vila Mariana. Lá, famílias inteiras que vivem sobre um córrego perderam todos seus pertences domésticos, como roupas, comida, geladeiras, camas, guarda roupas, máquinas de lavar e muito mais.

O aposentado João Batista, 62, mora na rua denominada como “Marginal à Direita” – divisa com Guaianases (Zona Leste da Capital). Neste local, o temporal do dia 8 de janeiro deste ano levou tudo que ele tinha, e agora, vive de doações das igrejas da região.

No quarto onde ele dorme com a esposa, João aponta na parede a altura que ficou a lamina d’água, cerca de um metro e meio.

“Assim que vi que ia chover comecei a gritar para minha esposa tirar as coisas do chão, mas mesmo assim perdemos muito. Nosso guarda roupa ficou encharcado e mantimentos foram estragados”, comenta.

RESPOSTA DA PREFEITURA – A gestão de Zé Biruta diz que de acordo com a Defesa Civil da cidade, aproximadamente 50 famílias (176 pessoas) da Vila Mariana foram atendidas. “Elas receberam colchões, cobertores, toalhas, kits de higiene, cestas básicas, etc”. Ainda segundo a Defesa Civil, especula-se que 480 famílias tenham perdido pertences domésticos por conta das chuvas do começo do ano.

Como forma de solucionar estes problemas com enchentes na cidade, a Prefeitura diz que pretende construir três barramentos de água, sendo um no Jardim Castelo e dois na Vila Romanópolis e afirma que tem investido na limpeza dos córregos e demais providências. “Vale acrescentar que a área em questão é invadida, visto que as casas foram construídas em cima do córrego e pontes feitas para a passagem de pessoas. Sendo assim, é impossível, segundo a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, a entrada de máquinas para o desassoreamento deste córrego”, encerra a nota oficial.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*