Clubes brasileiros entram em férias coletivas a partir de 1º de abril

Decisão foi anunciada pela CNC (Comissão Nacional de Clubes)

Da Redação / Foto: Divulgação

Os maiores clubes do Brasil decidiram dar férias coletivas aos jogadores entre 1 e 20 de abril. O prazo pode ser prorrogado ainda por mais dez dias, caso a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) ainda estiver em curva ascendente no país. Os dirigentes deixaram para depois a possibilidade de reduzir os salários dos atletas em 25%, proposta já rejeitada pelos
sindicatos. A medida foi adotada após reunião por videoconferência, na noite do último dia 26, entre dirigentes de 30 clubes.

Os representantes do clubes também concordaram em manter a fórmula de disputa das Série A e B do Brasileirão. Desde 2003, estas competições de pontos corridos ocorrem em turno e returno.

A dúvida que ainda resta é como vão ficar os torneios estaduais dentro de um apertado calendário paralisado pela CBF desde o dia 16 de março.

No Rio de Janeiro, o recesso do Campeonato Carioca foi ampliado para 30 de abril. A  nota oficial foi  publicada no site da Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro). A tentativa é concentrar esforços para evitar a disseminação da doença que, no último balanço do Ministério da Saúde (MS), já fez 9 vítimas fatais e atingiu 421 pessoas no estado fluminense.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*