Com tecnologia, Pronto-Atendimento de Biritiba agiliza os atendimentos

Responsável por cerca de 6 mil atendimentos/mês, espaço é administrado pela Organização Social de Saúde IGAPS

Por Gabriel Dias / Fotos: Bruno Arib

Com cerca de 6 mil atendimentos por mês, o PA (Pronto Atendimento) de Biritiba Mirim tem utilizado a tecnologia como principal aliada no trato diário com a população. Por meio de programas, computadores, máquinas de última geração que auxiliam exames de Raio-X e até o uso de som ambiente para chamar os pacientes, o serviço ‘decola’ para uma nova era da Saúde na cidade.

Agora administrado pela OSS (Organização Social de Saúde) IGAPS (Instituto de Gestão, Administração e Pesquisa em Saúde), o PA também emplaca um atendimento mais otimizado, segundo a administração da unidade, evitando que os usuários esperem por horas uma consulta com o médico.

Os pacientes afirmam que o tempo de espera para atendimento foi reduzido. “É muito rápido. Para ser sincero, há um tempo demorava muito, mas agora está rápido, o que é bom. O atendimento está mais humanizado. A gente percebe que a tecnologia também vem influenciando positivamente em nosso PA”, declarou Lindomar Costa, 45.

As mudanças começam logo na entrada. A pintura da área interna da unidade foi refeita. O que chama atenção é a área de pediatria. Na parede, desenhos do fundo do mar diminuem a tensão das crianças e também de seus acompanhantes, quebrando o ‘clima pesado’ de hospital.

Na sala do Raio-X, uma impressora de alto rendimento e um computador fazem o trabalho digital dos exames. Com tal tecnologia, o resultado logo é levado para o computador, que permite a visualização em alta resolução, evitando erros. As imagens são transmitidas para a sala do médico em segundos, dando mais agilidade ao atendimento.

Com relação aos medicamentos que antes faltavam na unidade, a nova administração do PA deu o que chama de “guinada” na compra dos remédios que faltavam em estoque. Agora, todos estes insumos estão prontos para consumo quando necessário.

Ricardo Moreira, que é o coordenador administrativo da unidade, diz que a tecnologia é aliada da saúde.

“A nova empresa veio com um pensamento diferente e fazendo dos atendimentos médicos algo de primeiro mundo.”

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*