Congada de Santa Efigênia: a primeira de São Paulo a ter uma mulher no comando

A Mestre Laine carrega um bastão de pau mulato de 187 anos que mantém a história do grupo

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Bruno Arib

Você já ouviu falar de Congada? Sabe o que é? A GAZETA te explica. Batemos um papo com Gislaine Donizete Afonso, a Mestre Laine, da Congada de Santa Efigênia de Mogi das Cruzes. Entre outros destaques, ela ficou conhecida por ter sido a primeira mulher a comandar uma congada no Estado de São Paulo, isso aos 18 anos.

Gislaine herdou a paixão do pai, que também foi mestre de congada. Segundo ela, a congada de Santa Efigênia começou em Santana dos Montes, no Estado de Minas Gerais, e já está em sua quarta geração.

“Meu pai me deixou essa herança, que é a congada de Santa Efigênia, isso vale mais do que dinheiro, do que ouro”, conta ela, empunhando um bastão que faz parte da família e da congada há 187 anos. O item é usado para comandar o grupo.

A congada é uma dança dramática que representa a coroação de um rei ou de uma rainha do Congo, através de um cortejo com passos de danças, instrumentos e canto. “Nós cantamos e dançamos em forma de oração para Santa Efigênia, a nossa padroeira”, destacou.

Em Mogi, as congadas, que são considerados grupos folclóricos, têm grande destaque na Festa do Divino e outras celebrações religiosas.

Em homenagem aos 461 anos de Mogi, a mestre deixa uma mensagem de fé. “A todo o povo mogiano, a mensagem é para que continuem mantendo a fé e a esperança, isso tudo que está acontecendo não é à toa, acreditem em Deus.”

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*