Conselho de Saúde prepara denúncias em Itaquá

Conselheiros ampliam fiscalizações às unidades de saúde

Por Lailson Nascimento / Foto: Lailson Nascimento

A próxima reunião do Conselho Municipal de Saúde de Itaquaquecetuba, marcada para o dia 17 de outubro, promete ser polêmica. Isso porque conselheiros que representam os usuários estão dispostos a levar a conhecimento da Justiça uma série de irregularidades encontradas por eles durante fiscalizações realizadas em unidades de saúde do município. A decisão foi anunciada nesta sexta-feira (27), em reunião do grupo.

Na ocasião, o conselheiro Aparecido Ribeiro de Almeida, o Aparecido Magrão, apresentou relatórios de seis visitas realizadas em diversas unidades de saúde e adiantou o conteúdo de cada uma delas. “Eu entendo que encontramos coisas gravíssimas. Um dos gargalos que encontramos na Saúde foi a frequência dos profissionais de um modo geral. Recebi, por exemplo, a denúncia que um enfermeiro faz faculdade no Paraguai, mas o ponto dele aqui em Itaquá é assinado.”

O conselheiro Fabio Salvador foi mais direto. “Constatamos que existem médicos recebendo sem trabalhar, cartões de ponto que não são assinados, dentistas que recebem e não trabalham. Estou denunciando o Conselho de Saúde no Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, Polícia Federal, Polícian Civil, Gaeco e onde eu possa denunciar. Os vereadores também serão notificados”, avisou.

O presidente do conselho, Florisvaldo da Silva, ainda precisou se explicar sobre um projeto de resolução taxado de ‘lei da mordaça’. “A proposta que o presidente apresenta, além de ser inconstitucional, ilegal, é ridícula. Ela acaba com o controle social na prática. Seria melhor ele fazer uma proposta de extinção do Conselho”, concluiu o sindicalista Tadeu Amaral. Florisvaldo quer, entre outras coisas, que as fiscalizações sejam pré-agendadas perante o plenário do Conselho.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Nenhum comentário sobre: “Conselho de Saúde prepara denúncias em Itaquá

  1. Faço um apelo ao presidente do Conselho de saúde, para entrar num acordo com os funcionários da unidade UBS do jardim odete, e colocar relógio de ponto na unidade, pois a unidade abre as 07;00hs, e exatamente as 07;00hs, elas chegam, hoje dia 30/09 fui fazer um exame de sangue , fui o primeiro da fila, já era 06;59 hs, foi quando chegou um carro, com 5 ou 6 funcionárias, ai perguntei; O posto abre as 07:00 hs? Falaram sim, e vocês chegam exatamente as 07;00 hs? Claro, então falei; até vocês se trocarem ligar os computadores e se adequá ao ambiente de trabalho vãi uns 10 minutos, foi exatamente o horàrio que me atenderam, todas de mal humor, pareciam que estavam num velório, é esse o serviço que vocês oferecem aos pacientes? Peço sigilo em meu questionamento, e espero que fiscalizem a entrada das funcionárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*