Contra coronavírus, Porto Alegre vai multar idosos que circularem pela cidade

Na capital gaúcha, idosos estarão sujeitos a multas de até R$ 429,20

Da Redação / Foto: Divulgação

Diante da pandemia de coronavirus, a Prefeitura de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, decidiu aplicar multas aos idosos que desrespeitarem o período de quarentena. O deslocamento de pessoas com 60 anos ou mais pelas ruas de Porto Alegre está permitido somente para realização de atividades “estritamente necessárias”. A medida vai vigorar por 30 dias a contar desta quarta-feira (25).

Idosos compõem o chamado grupo de risco para a doença. A circulação de idosos está autorizada em casos de atendimento médico e hospitalar, exames laboratoriais, vacinação e compras de produtos alimentícios e idas às farmácias. Todas as pessoas dessa faixa etária ficam obrigadas a portar documento de identificação que comprove idade em caso de abordagem dos agentes de fiscalização do município.

Quem não apresentar o documento será acompanhado até a residência para identificação. Pessoas que descumprirem a restrição de circulação ficarão sujeitas à multa, que varia de 1 a 100 na escala da Unidade Fiscal de Referência (UFR) e terá valor máximo de R$ 429,20. A regra de distanciamento social não se aplica aos trabalhadores da área da saúde, segurança e demais serviços essenciais.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*