Coronavírus: Itaquaquecetuba tem aumento na insatisfação dos usuários de telefonia e internet, diz pesquisa

Vivo foi a operadora com mais reclamações na cidade durante o primeiro semestre do ano

Da Redação / Foto: Divulgação

A Anatel disponibiliza de forma mensal, trimestral e anual os dados relativos ao número de reclamações dos usuários contra serviços de telecomunicações (telefonia, internet e TV).

No primeiro relatório, correspondente à análise do ano anterior, a agência brasileira havia apresentado uma queda importante no número de queixas. Era previsto que justo essa seria a tendência deste ano, mas com a presença do novo coronavírus no país, isso mudou radicalmente.

A organização focada na análise do estudo das telecomunicações no país, a Selectra, coletou os dados disponíveis no painel de dados da Anatel para a cidade de Itaquaquecetuba. Sendo assim, foi visto que houve um aumento mensal constante nas queixas contra operadoras registradas na Anatel, nos serviços de telefonia e internet banda larga, comparando os primeiros seis meses deste ano.

É claro que o fator pandemia afetou muito o desempenho das infraestruturas de telecomunicações, por exemplo, na velocidade da internet. Agora, se depois de fazer o speed test da sua operadora, o resultado é menor do que 80% da velocidade real contratada e a companhia não solucionar o problema antes de 30 dias, você poderá reclamar e até mudar de operadora sem pagar multa de rescisão.

Veja o gráfico da evolução das reclamações em Itaquaquecetuba:

Como pode ser visto, depois de fevereiro, mês chave para as medidas contra o coronavírus, como o isolamento e distanciamento sociais, as queixas contra operadoras só aumentaram na região.

Seguindo os dados da mesma análise, a Vivo foi a companhia com maior número de reclamações no primeiro semestre do ano, com 721 registros no total. A TIM obteve 625 queixas registradas, ficando em segundo lugar. Fechando o pódio, a Claro obteve 350 solicitações em Itaquaquecetuba.

Mas e os resultados nas outras cidades da região?

No mapa das cidades com mais reclamações acumuladas, o ranking foi o seguinte:

  • Arujá – 816
  • Biritiba Mirim – 153
  • Ferraz de Vasconcelos – 1,6 mil
  • Guararema – 268
  • Itaquaquecetuba – 2,5 mil
  • Mogi das Cruzes – 5,1 mil
  • Poá – 1,8 mil
  • Salesópolis – 86
  • Santa Isabel – 406
  • Suzano – 3,1 mil

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*