Delegacia da Mulher de Arujá será inaugurada na próxima segunda-feira (22)

Segundo o prefeito Dr Camargo, a construção da unidade em defesa da mulher na cidade é especialmente importante por ser uma reivindicação antiga dos munícipes

Da Redação / Foto: Rodrigo Sitta|PMA – Divulgação

A DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) de Arujá será inaugurada nessa próxima segunda-feira (22), às 16 horas, no prédio ao lado da Delegacia de Polícia, na Praça Bartolomeu Bueno, n º 7, centro. A inauguração, que será virtual em razão da pandemia, contará com a presença do prefeito Luis Camargo (PSD), dos secretários municipais de Segurança, Washington Luis Beolchi Adami, e de Assuntos Jurídicos, Marcos Regueiro, além do delegado seccional de Guarulhos, José Severo, do delegado titular da Polícia Civil de Arujá, Marcel Druziani, e da delegada que chefiará a DDM de Arujá, Vanessa Chagas. É esperada a presença, de forma remota, do governador João Doria na solenidade.

Segundo o prefeito Dr Camargo, a construção da unidade em defesa da mulher na cidade é especialmente importante por ser uma reivindicação antiga dos munícipes e, ainda, por ser um instrumento imprescindível para acolher e auxiliar as mulheres em caso de necessidade.

“É um equipamento de extrema importância às vítimas da violência doméstica e também fora de casa e, além disso, é uma luta antiga e uma grande vitória para todos nós. O que se tinha em mente, antigamente, era tão somente a Sala Rosa e agora conseguimos a implantação efetiva da Delegacia, com uma delegada titular que atenderá exclusivamente esses casos específicos. Então, para nós, essa é uma grande conquista”, afirmou.

Para Druziani, delegado titular do Distrito Policial (DP) de Arujá, trata-se de um avanço muito grande para a cidade, em relação ao atendimento da mulher, em uma unidade especializada como a DDM, e também no combate aos delitos praticados contra o público feminino, que tanto afetam a sociedade de forma geral.

“Nesses anos todos de polícia, a gente tem acompanhado e trabalhado muito para que essa violência acabe ou seja, ao menos, minimizada. A DDM, agora com o trabalho de todos, do Delegado Geral também, será instalada. Vai ser muito útil para a comunidade de Arujá e, em especial, para as mulheres vítimas da violência. Agradecemos o prefeito que, muito entusiasmado, tem nos auxiliado, não medindo esforços para que essa delegacia se tornasse realidade”, destacou.

Vanessa, a delegada que assumirá como titular da DDM de Arujá, enfatizou a importância do município poder contar com o serviço especializado que será prestado na unidade em favor, principalmente, das vítimas de violência doméstica.

“Infelizmente, é um crime que é uma realidade muito constante na nossa sociedade. Importante informar que a DDM tem a atribuição de atender as pessoas que se identifiquem com o gênero feminino. Após a inauguração nessa segunda-feira, passaremos a atender de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas e me coloco à disposição de Arujá para acolher as vítimas da forma que elas merecem”, finalizou.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*