Dennis Guerra: ‘Nós vamos libertar Caraguatatuba da mesmice política’

Jornal apresentará os planos de governo dos postulantes a prefeito do litoral

Por Will Siqueira / Foto: Divulgação

A partir da edição de hoje, o LEIA irá apresentar uma série de matérias sobre os planos de governo dos candidatos a prefeito dos municípios do litoral paulista onde o jornal atua – Bertioga, Cubatão, Caraguatatuba, Guarujá, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba. Quem abre a série é Dennis Guerra, candidato a prefeito de Caraguatatuba pelo partido Republicanos.

Dennis Guerra, juntamente com sua candidata a vice, Carine Faria (também do partido Republicanos), divulgou nessa semana o seu plano de governo para a gestão 2021 a 2024, caso chegue à prefeitura.

Dennis Guerra e sua equipe elaboraram sua proposta de gestão para o município com base “nas diversas necessidades de Caraguatatuba e no perfil da cidade”, conforme está relatado no documento. “É importante enfatizar o desenvolvimento inovador nas áreas do Turismo, Cultura, Tecnologia e Informação, Urbanismo, Habitação, Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, Obras e Serviços Públicos”, consta no plano de governo do Republicanos.

De maneira geral, o candidato também visa à potencialização das áreas da Educação, Esporte, Lazer e Recreação, “com foco intersecretarial, intersetorial e integrador, com vistas inclusive ao atendimento à pessoa com deficiência e aos idosos, investimentos no desenvolvimento pleno das potencialidades do município e de seus cidadãos, desde a primeira infância”, segundo o seu projeto de governo.

“Nosso plano é possível e tem o apoio de deputados estaduais, federais e de representantes do Senado. Apontei nele coisas possíveis de fazer, já que vim do bairro, e vi e ouvi o que o bairro precisa”, revela Dennis Guerra.

Em seu plano de governo estão a implantação de um “Leve Leite”, para a Educação Infantil, de um Bilhete Único e de um Serviço de Inteligência e Segurança por monitoramento.

Veja, agora, quais são as principais propostas de Dennis Guerra para os caraguatatubenses.

Redução de gastos

A proposta inicial, segundo o plano de governo, será de avaliar e otimizar todos os cargos de assessoramento em comissão, se desfazendo dos cargos que não apresentem necessidade de continuidade, economizando valores significativos para a implementação de outros programas e obras. Os cargos comissionados, ainda segundo o documento, serão enxugados e redistribuídos; e “os cargos de todas as secretarias serão ocupados por técnicos com conhecimento do território e experiência na área de atuação.”

Melhoria do Turismo

Secretaria de Turismo junto ao Portal com equipes de guias especializados (por meio de capacitação da comunidade local, para os moradores se tornem guias a partir dos 16 anos); ações de promoção ao turismo esportivo, gastronômico, ambiental, de aventura e ações de conscientização ambiental, a fim de que o patrimônio natural seja conhecido, admirado e sempre preservado.

Proximidade

Abertura de mais quatro subprefeituras, visando sanar problemas dos bairros e descentralizar serviços que são encontrados somente no Centro, facilitando o acesso para os cidadãos que moram mais distantes; criação de dois ‘Descomplica Caraguá’, em formato próximo ao do Poupatempo; reestruturar e fazer do Mirante do Camaroeiro um ponto forte, aproveitando todo o potencial de sua estrutura, “oportunizando a munícipes e turistas um local de encontros e confraternizações, mas, acima de tudo, geração de renda”, diz o plano de governo de Dennis Guerra.

Saúde e bem-estar

Investimento em saúde pública de qualidade por meio de parcerias com universidades e escolas técnicas de saúde, com foco na possibilidade de construção de um hospital municipal; solucionar o problema da falta do médico plantonista nos ESFs (Estratégia Saúde da Família), checando o número de médicos concursados do município e distribuição nos territórios. Com as informações auferidas, avaliar a necessidade e quantidade possível de contratação de profissionais e realizar processo seletivo para contração de profissionais como pessoa jurídica.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*