Dias difíceis para o Brasil

Da Redação / Arte: André Jesus

A GAZETA até gostaria e precisa voltar a utilizar esse espaço para a discussão de temas que sejam do interesse público do Alto Tietê, mas o momento exige, mais do que nunca, uma reflexão sobre os rumos do país. Afinal, o próprio presidente da república afirmou, em reunião realizada no dia 22 de abril, com ministros de seu governo, que “nosso barco pode estar indo em direção a um iceberg, pro fundo.” Em outras palavras, o Brasil pode estar à beira do naufrágio.

Não é por menos. Até a noite de sexta-feira (22), mais de 21 mil brasileiros já haviam sido enterrados por conta do novo coronavírus. Com a estatística, somos o segundo país em todo o planeta Terra – que não é plana – com o maior número de casos da doença. Mas a preocupação de Jair Bolsonaro são algumas das falas abaixo que se tornaram públicas nesta mesma sexta-feira.

“Não é apenas é … cuidar do seu ministério nessas questões que estamos tratando aqui, é tratar da questão política também. Tá certo? Então é … essa é a preocupação que temos que ter, porque a luta pelo poder continua. A todo … a todo vapor.”

“Acordem para a política e se exponham, afinal de contas o governo é um só. E se eu cair, cai todo mundo.”

“Tem que ser um governo com a … com altivez. Se expor, mostrar que nós temos o povo do nosso lado. Que nós somos submissos ao povo. Nós queremos realmente, é como disse, se não me engano Magareth Tacher, né? Ou Reagan, não sei? Pra se . .. tem que ser conduzido pelo povo brasileiro, e ponto final. Onde o povo tá, vamos estar junto.”

Essas são algumas das frases do presidente da república, leitor. Avalie.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*