Doria coloca todo o Estado na Fase Vermelha a partir de sábado (6)

As medidas mais duras são para evitar um colapso na Saúde

Por Giovanna Figueiredo / Foto: Divulgação

O Governo do Estado de São Paulo anunciou que a partir da meia-noite de sábado (06) todo estado entrará na Fase Vermelha do Plano São Paulo, a mais restritiva. A medida seguirá até o dia 19 de março e visa evitar um colapso na saúde. O anuncio foi feito um dia após o pior dia da pandemia no Brasil, ontem (2) foram registrado 1.726 óbitos pela Covid, dessas 468 foram em São Paulo.

Na Fase Vermelha, só podem funcionar os serviços que são considerados essenciais, mas a medida não inclui o fechamento das escolas. Em dezembro o governo adotou uma regra que permite a abertura das escolas mesmo nas fases mais restritivas da Pandemia.

Ontem, o estado chegou a 75,3% dos leitos UTI Covid ocupados e o índice do isolamento social é de 39%, o ideal é que seja entre 60% e 70%.

“Estamos a beira de colapso na saúde em São Paulo e no Brasil. Repito, estamos a beira de um colapso na saúde do Brasil e de São Paulo. E temos um presidente que vivi um negacionismo, pessoas estão morrendo e nossa prioridade tem que as vidas. Vamos enfrentar nas próximas duas semanas os piores momentos da pandemia no Brasil”, afirma Doria.

O Governador também anunciou ainda a abertura de 500 novos leitos (UTI e enfermaria) no estado, os novos leitos serão implantados na próxima segunda-feira (8).

Vale ressaltar que o toque de restrição das 20h às 5h continuam valendo.

São permitidos

Serviços essenciais, como: hospitais, farmácias, centros de saúde, supermercados, padarias (não para consumo no local), clínicas veterinárias, petshops, atividades religiosas, serviços de segurança pública, serviços de transporte, comunicação, serviços de delivery e etc.

Funcionamento parcial

Lojas de conveniência: Venda de bebidas alcoólicas das 6h às 20h

Escolas: Funcionamento facultativo

Não podem abrir

Shoppings, comércios de rua e galerias. Restaurantes, bares e lanchonetes para consumo no local, Salões de Beleza e barbearia, academias, festas, eventos e outras atividades que gerem aglomerações.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*