EDP investe R$ 2,3 milhões na construção e modernização de rede de energia em Salesópolis

Investimento ampliará segurança e qualidade do fornecimento de energia para a cidade

Da Redação / Foto: Divulgação

A EDP, distribuidora de energia elétrica de Guarulhos, Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo, realiza ações contínuas de implantação de novas tecnologias no sistema elétrico de sua área de concessão. E para ampliar a qualidade e segurança no fornecimento de energia para a cidade de Salesópolis, a Companhia iniciou obras de melhorias na infraestrutura energética local.

O investimento será de R$ 2,3 milhões e o projeto tem previsão de conclusão em oito meses. Serão construídos sete quilômetros de novas redes de energia, interligando regiões urbanas e rurais da cidade, com o objetivo de expandir a flexibilidade e segurança do sistema elétrico. Além disso, serão modernizados nove quilômetros de rede aérea convencional já existente com fiação compacta e protegida, mais resistentes a agentes externos, como vegetação. As novas redes já serão construídas com esta tecnologia. Também farão parte da obra a implantação e substituição de postes e a instalação de equipamentos que permitem a automatização da rede para diminuir a abrangência de possíveis ocorrências, como queda de árvore sobre a fiação.

Os investimentos da EDP em Salesópolis têm como objetivo proporcionar maior disponibilidade energética, preparando a rede elétrica local para o desenvolvimento da cidade nos próximos anos. “A nova rede permitirá atender os atuais clientes com mais segurança e qualidade, além de acompanhar de forma sustentável o crescimento econômico local. Além disso, todo o cabeamento utilizado no projeto é mais resistente, o que proporciona maior harmonia com a vegetação e o meio ambiente, aumentando a proteção contra quedas de energia”, destaca Marcio Jardim, gestor executivo de projetos e construção da EDP.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*