Educação anuncia retorno às aulas de forma não presencial em Arujá

Da Redação / Foto: Câmara Arujá – Divulgação

A Secretaria de Educação de Arujá anunciou que o ano letivo na cidade será retomado de forma não presencial no dia 9 de junho. A informação foi abordada durante audiência pública realizada na quarta-feira (27), referente à prestação de contas do primeiro quadrimestre do ano. A sessão foi transmitida pelo canal oficial da Câmara Municipal no Youtube.

Segundo a Pasta, as medidas adotadas têm base nas deliberações do CNE (Conselho Nacional de Educação), considerando a necessidade de manter a política de distanciamento social nas escolas para evitar a disseminação do coronavírus entre os alunos e familiares.

“Vamos retomar o ano letivo por meio de estratégias pedagógicas preparadas exclusivamente para o período de quarentena. O objetivo é seguir com as metas de aprendizagem e o desenvolvimento das competências e habilidades dos alunos”, afirma a secretária de Educação, Priscila Sidorco.

Estratégias pedagógicas

No Ensino Fundamental, a estratégia inclui a distribuição de material impresso aos alunos do Ensino Fundamental e a utilização de uma plataforma virtual de aprendizagem. A Secretaria de Educação divulgará nos próximos dias as informações sobre a entrega do conteúdo e o acesso ao ambiente online.

Estudantes que não tiverem acesso à internet serão atendidos por meio de outras estratégias, como a realização de atividades com o auxílio de um educador de plantão nas unidades, respeitando as medidas de isolamento social.

Na Educação Infantil, conforme orientação do CNE, haverá acompanhamento virtual das unidades escolares com as famílias. O objetivo consistirá em estreitar vínculos e sugerir a realização de atividades às crianças.

Prestação de contas

A audiência pública de prestação de contas referente ao primeiro quadrimestre de 2020 pode ser assistida, na íntegra, na página da Câmara Municipal do Youtube. Os dados expostos pelo secretário municipal adjunto de Educação, David Mendes, mostram que, até o momento, a Pasta gastou R$ 20.601.097,38 dos R$ 39.265.803,49 empenhados para os primeiros quatro meses do ano.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*