Em Dia Nacional de Luta, Sindicato para 3 agências do Bradesco em Mogi das Cruzes

Foram fechadas unidades de Brás Cubas, Rua Princesa Isabel de Bragança e Parque Universitário

Da Redação / Foto: Divulgação

Três agências da base do Sindicato de Mogi das Cruzes e Região foram fechadas na manhã de sexta-feira (30) em protesto contra as demissões no banco nesse Dia Nacional de Lutas. Diretores do sindicato paralisaram até as 11 horas as agências do Bradesco Brás Cubas, da Rua Princesa Isabel de Bragança e do Parque Universitário, ambas em Mogi.

A ação é uma resposta às demissões do banco, que só este ano já dispensou 1,2 mil trabalhadores, de acordo com cálculos da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco.

O objetivo é denunciar a quebra do compromisso assumido pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), feito em mesa de negociação com o Comando Nacional Bancário, de não realizar demissões durante a pandemia.

Ao todo os bancos já demitiram mais de 12 mil trabalhadores este ano, de acordo com do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*