Empresa contratada para reformar passarela em Poá começa serviço pela pintura

Local já foi interditado outras vezes, e agora, de novo; moradores estão descrentes com avanço das obras

Por Gabriel Dias / Fotos: Bruno Arib

A passarela que liga os bairros Vila Perracine e Vila Sopreter, em Poá, passando sobre a linha dos trens da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitano), está interditada para obras que deveriam ter iniciado em novembro do ano passado.

Uma placa na frente da passarela estampa um investimento de R$ 328 mil para reforma do local, que deveria iniciar no dia 19/11/2019 e ser concluída em 25/04 deste ano. A prefeitura foi questionada sobre os atrasos, no entanto, não respondeu.

Dois funcionários da empresa PLANEG, contratada para cuidar dos trabalhos, realizam a pintura das grades amassadas, mas não souberam informar quando vai iniciar as obras de alvenaria da passarela, que segundo moradores da região, treme quando o trem passa.

A segurança Fabiana Cássia, 40, confirma que a passarela balança quando os trens da CPTM passam. “Tenho medo, preciso dar muita volta para chegar no meu destino. É um lugar abandonado. Vejo os funcionários pintando a passarela, mas sei que disso não vai sair. Já era para ter iniciado essas obras há muito tempo. Cansei de esperar uma atitude de um prefeito [Gian Lopes, do PL] que não existe”, reclama Fabiana.

Jaiza Maria, 56, mesmo com a passarela interditada se arriscou a atravessar por ela.

Questionada se não tem medo, ela diz: “Não, é uma necessidade. Cadê o prefeito que deveria ter feito alguma coisa urgente? Agora, em ano de eleições, não adianta. Tinha que ter feito muito antes”, reclama Jaiza.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*