Evento do Agosto Lilás reúne mulheres no Largo da Vila São Carlos, em Itaquaquecetuba

O evento, que aconteceu das 8 às 11h contou com uma série de ações

Da Redação / Foto: Verônica Ribeiro | PMI

Nesta quinta-feira (19), a secretaria de Políticas para Mulheres de Itaquaquecetuba realizou uma ação que faz parte da campanha Agosto Lilás, no Largo Monumental da Vila São Carlos, e que envolveu atendimentos oferecidos em parceria com as secretarias de Esportes e Lazer e de Saúde.

Estiveram presentes o prefeito Eduardo Boigues (PP), a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Mila Prates Queroz, as secretárias de Políticas para Mulheres, Hadla Issa, e de Desenvolvimento Social, Claudia Marzagão, além dos secretários de Esporte e Lazer, Marcelo Surcin (Marcelinho Carioca), de Saúde, Edson Rodrigues (Edson da Paiol) e de Abastecimento e Segurança Alimentar, Aparecido Ribeiro (Magrão).

O evento, que aconteceu das 8 às 11h, contou com uma série de ações como zumba, massagem, orientação odontológica, testes rápidos de Covid-19, de sífilis, aferição de pressão arterial e glicemia, além de um café da manhã para o público composto, em sua maioria, por mulheres.

Hadla Issa realizou um bate papo com o público sobre a conscientização da violência contra a mulher e contou com a participação da banda da Guarda Civil Municipal de Itaquá, com a equipe do Canil, além da Ronda de Proteção à Mulher. Para ela, o resultado e adesão ao evento desta manhã foi positivo.

“Toda a ação foi importante, mas um momento de destaque foi justamente a encenação que tivemos de violência contra a mulher. Isso chocou as pessoas, imagina então como é com a vítima. É uma preocupação que temos de ter sempre e romper esse ciclo”, disse a secretária.

Já o prefeito reforçou que um evento como esse consegue alcançar mais pessoas. “Essa foi uma boa oportunidade de conscientizar não apenas mulheres, mas todas as pessoas que estiveram no local. Precisamos acabar com a violência contra a mulher.”

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*