Existem cidades espirituais? (Parte I)

Por Odracir Ollem – Comunicador Espírita / Foto: Divulgação

Sim, elas existem e são bem parecidas com as nossas, algumas muito mais avançadas e organizadas, pois ao desencarnarmos somos as mesmas pessoas, temos os mesmos sentimentos e precisamos de algum lugar para desenvolvermos a continuação de nossa vida.

Primeiramente vamos entender alguns conceitos. André Luiz, espírito que se comunicava pela psicografia de Chico Xavier, nos ensinou que matéria é luz coagulada e os cientistas estão chegando a essa conclusão e já comprovaram que 99,99% do átomo é feito de espaços vazios. E tudo na matéria é feito de átomo.

Sendo assim, entendemos que a aproximação ou condensação destas partículas tornaria mais corpóreo, pesado e mais visível o objeto, seu distanciamento o tornaria mais sutil e menos visível.

Através do exemplo da água e vapor fica mais fácil explicar. O vapor de água no ar é invisível! Somente quando o ar se satura de água e começa a condensação ela se torna pesada, líquida, sólida, dependendo da temperatura. Assim, se causarmos a compressão da água que evaporou, ela irá voltar a ser líquida e visível.

Continua no próximo mês. Não perca as próximas edições da GAZETA.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*