Famílias do bairro Parque Viviane II estão revoltadas com Mamoru

Em reta final de mandato, governo Mamoru vê popularidade ruir, principalmente em bairros distantes

Por Gabriel Dias / Foto: Bruno Arib

A falta de iluminação pública, de água encanada e asfalto nas ruas leva a popularidade do prefeito Mamoru Nakashima (PSDB) a despencar no Parque Viviane II, em Itaquaquecetuba. Na avaliação da própria população, Mamoru é um dos piores prefeitos da história do município.

Existe apenas uma figura política de Itaquá que é bem-vinda no Viviane II: a do vereador David Neto (Cidadania). O parlamentar ajuda a comunidade desde os anos 2000, segundo explicou Alexsandra Araújo, 33 anos, uma das antigas moradoras do bairro.

Ela, igual a tantos outros do Viviane II, continua a intensa luta pela melhoria do bairro. A primeira e mais cruel foi vencida no ano de 2015, e teve como vilã a própria Justiça, que à época havia “bloqueado” a área para construção de novas moradias.

Agora, quase quatro anos depois da área ter sido liberada pela própria justiça para construção de casas e ruas, outro problema enfrentado pelos moradores é a falta de serviços públicos que são básicos (iluminação, água e asfalto).

Todas as ruas visitadas pela GAZETA (Rua Tulipas, Rua Papolas, Rua Orquídeas e Rua das Árvores) são de terra batida, que ao mínimo sinal de chuva vira lamaçal.

Antônio Maria, 50 anos, todas as noites encontra sua esposa no meio do caminho quando ela sai do trabalho. “A falta de iluminação pública faz a sensação de medo aumentar, nenhuma mulher do bairro caminha sozinha, todas têm medo de assaltos e estupros”, confessa.

Os moradores disseram que pagam uma taxa de R$ 7,30 por mês para ter luz nas ruas, no entanto, esse benefício jamais existiu no Viviane II.

O QUE DIZ A PREFEITURA – Questionada, a Prefeitura de Itaquaquecetuba diz em nota que tem conhecimento dos problemas citados na reportagem e acrescenta que autorizou a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) a implantar o programa Água Legal no bairro, solucionando o problema. “Sobre a iluminação, a administração também já conversou com a EDP para a instalação e a pavimentação também começará a ser feita”, afirma. Com relação à regularização do bairro, a gestão de Mamoru diz que tem um projeto de regularização e cadastrou um convênio junto ao Governo Federal para resolver a situação.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*