Gaeco está no encalço de organização acusada de fraudar licitações em Ferraz

Entre os acusados, ex-prefeito Acir Filló e o ex-secretário Ronaldo Júlio

Por Gabriel Dias / Foto: Renan Xavier – Divulgação

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) deflagrou, em 9 de maio, operação para cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão em cinco locais nas cidades de Suzano, Ferraz de Vasconcelos e São Paulo.

A operação decorre de ação penal ajuizada pelo MP-SP (Ministério Público de São Paulo) com o objetivo de apurar associação criminosa dedicada à prática de fraudes em licitações para a aquisição de pães para a merenda escolar, além de crimes de concussão e lavagem de capitais, entre outros, ocorridos entre os anos de 2013 e 2015, tendo como vítima a Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos. Os prejuízos causados à municipalidade chegam a R$ 4,2 milhões.

Estão entre os acusados na ação estão o ex-secretário municipal de Ferraz de Vasconcelos e de Biritiba-Mirim Ronaldo Julio de Oliveira (atualmente foragido), o ex-prefeito de Ferraz de Vasconcelos Acir Filló dos Santos e os responsáveis pela empresa Mixer Magazine e Utilidades.

A ação em questão é a décima ajuizada pelo Gaeco contra integrantes do grupo criminoso, além das cerca de 20 ações civis públicas já em trâmite tratando de fraudes em licitações ocorridas em Ferraz de Vasconcelos durante o mandato de Santos à frente da prefeitura. O ex-prefeito está preso há mais de dois anos.

A GAZETA não conseguiu contato com as defesas de Porco e Filló.

Gazeta Regional

Fundada por Laerton Santos no início dos anos 2000, a GAZETA tem como principal missão integrar as dez cidades que compõem a região do Alto Tietê, tendo como diferencial o olhar crítico que define a linha editorial do veículo. Em busca de contato cada vez mais próximo com seu público, o jornal tem investido na cobertura diária, utilizando as mídias digitais para esse fim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*